89,5% dos consumidores entrevistados pretendem presentear no Dia das Crianças

457

 

Os brinquedos e os eletrônicos estão no topo da lista; para a maioria que vai presentear, o pagamento será em dinheiro.

Já os empresários estão cautelosos, a maioria  (21%) acreditam que irão manter o volume de vendas e os que esperam crescimento, apostam em um aumento de até 5%, segundo pesquisa realizada pela CDL Uberlândia

para levantar a expectativa de vendas do varejo para o Dia das Crianças deste ano.

Para aquecer o período, 68%  dos empresários pretendem realizar promoções e 21% vão estender o horário de funcionamento até às 19h. Já para o dia 12 de outubro, sábado, 33% dos entrevistados disseram que vão abrir em horário normal e outros 11% até às 14h.

A pesquisa apontou que 89,5% dos consumidores irão presentear este ano. Destes, 62,2% vão optar por brinquedos e 14% por eletrônicos (smartphones, tablets, jogos).

As compras serão realizadas nos comércios centrais (50%), em shoppings (38,9%) e nos comércios de bairros (8,3%) e a maioria pagará em dinheiro (56,8%), seguido de cartão de crédito (32,4%). O valor do presente ficará entre R$51,00 a R$150,00.

Além dos presentes, 55,6% dos entrevistados informaram que irão levar a(s) criança(s) para um programa de lazer, sendo 28% para parques e 28% para o cinema.

“O momento é uma excelente oportunidade para o comércio aquecer as vendas, apostar em decoração temática, balões e brindes para agradar os pequenos, já que eles são os principais influenciadores na hora de escolher o presente. A data precisa ser especial para as crianças, este é um bom momento para os pais dedicarem um tempo às brincadeiras, passeios e muito carinho. Afinal, o mais importante é a felicidade da criançada”, disse a superintendente da CDL Uberlândia, Lécia Queiroz.

You might also like More from author

Comments are closed.