Agosto Dourado: como preparar os seios para a amamentação?

126

O mês de agosto é conhecido como Agosto Dourado, simbolizando a luta pelo incentivo à amamentação. Mas, para que a amamentação possa ocorrer de forma tranquila, os seios precisam ganhar atenção redobrada durante o processo de gravidez e de amamentação. É que no período da gravidez os seios incham, ficam pesados e doloridos.  São as glândulas mamárias, preparando-se para a amamentação.

No entanto, uma das preocupações das mulheres são as estrias e o bico rachado que causa muita dor quando se inicia o processo de amamentação. A dermatologista Thalita Carlesso dá algumas orientações às mamães. “Uma delas é comprar sutiãs reforçados e com boa sustentação para comportar os seios. Isso causará menos impacto e, consequentemente, menos dor. Além disso, durante toda a gravidez, é importante cuidar para que as estrias não apareçam. Isso ocorre devido ao volume e ao inchaço normal nesse período. Os seios tendem a aumentar volume tanto por questões hormonais quanto pela iniciação de produção do leite materno”.

Ela explica que as estrias surgem quando as fibras elásticas e colágenas, responsáveis pela firmeza da pele, se rompem e formam “cicatrizes”. “Na gravidez é comum aparecer estrias na barriga, nos quadris e nas mamas. Para prevenir existem alguns cremes próprios bons. Esse produto deve ser usado de 2 a 3 vezes ao dia nas regiões onde são mais propensos a aparecer”.

E quem já não ouviu dizer que o óleo de amêndoas é indicado para prevenir estrias? É verdade. Thalita diz que ele promove uma melhora na elasticidade da pele e tem papel primordial na prevenção das estrias.

Já para fortalecer a pele do seio e do mamilo que são finas, durante toda a gravidez, Thalita enfatiza a importância do banho de sol. “Tomar 15 minutos de sol por dia nos mamilos, sempre antes das 10 da manhã e após às 16 horas fazem muita diferença. O protetor deve ser passado na área externa das aréolas e dos mamilos”.

Na hora de amamentar

Durante os primeiros dias de amamentação, as rachaduras e feridas no mamilo podem aparecer. Isso se dá quando o bebê faz o bico de chupeta ou fica “mastigando” o bico do seio ao invés de mamar. Outros dois motivos que levam à lesão são a mãe não ter o bico formado e a insistência para alimentar o bebê que não pega o peito corretamente. “A cada três horas o bebê mama, e isso, por si só, machuca o seio. Usar pomadas à base de lanolina ajudam na cicatrização. O próprio leite materno pode ser passado no bico do seio, pois é tido como um bom remédio cicatrizante. O mais importante é não desistir nas primeiras vezes. Procure ajuda de um especialista para ajudar”, conclui a dermatologista.

You might also like More from author

Comments are closed.