Etiqueta

Como organizar toalhas e quantas ter em casa

Oi, pessoal. O post desta terça-feira (17) traz uma solução doméstica com dicas super simples de como dobrar as toalhas para deixá-las organizadas e práticas.

Primeiro, a melhor forma de organizar essas peças de banho e de rosto é ter um espaço próprio para guardá-las. Você pode adquirir um armário novo ou optar por um móvel planejado. Depois, guarde as toalhas dobradas de acordo com o espaço disponível ou em rolos que também ficam bonitos e organizados.

Abaixo uma lista de quantas toalhas você precisa ter em casa:

* 4 jogos de toalha para o filho
* 4 jogos de toalha para o casal
* 10 toalhas de lavabo
* 10 toalhas de maquiagem

Também encontrei um vídeo no canal da casa.com.br no Youtube para aprofundar no assunto. A personal organizer Ingrid Lisboa dá dicas de como organizar toalhas e como mantê-las longe das traças (e mofo). Clique no player abaixo para assistir:

Vai viajar? Confira 7 truques na hora de arrumar a mala

Cena do filme Se Beber Não Case 2 (Foto: Divulgação)

Cena do filme Se Beber Não Case 2 (Foto: Divulgação)

Arrumar as malas nem sempre é uma tarefa fácil, especialmente para as mulheres, que, no geral, costumam levar muita bagagem. Aqui alguns truques simples para acomodar toda a bagagem aproveitando ao máximo o espaço de sua mala de viagem.

1. A primeira delas é: mala precisa ter rodinha. Aeroportos são lugares muito cheios de gente e você pode demorar um tempo até conseguir despachar sua mala.

2. Ainda pensando em prevenir os transtornos em um aeroporto, sinalize sua mala com cores ou fitas coloridas para ajudar a identificá-la com mais facilidade. Malas na esteira são todas parecidas.

3. É difícil dizer o que levar na mala. Depende de quanto tempo você vai ficar; o clima do local; e os eventos que você possa ter como sair para jantar ou dançar, por exemplo. Um truque que pratico é sempre levar peças que podem ser usadas mais de uma vez e que combinam com várias coisas como uma calça jeans.

4. Na hora de arrumar a mala, coloque primeiro as calças jeans esticadas no fundo da mala. Na sequência shorts e depois vestidos. Por último, ponha as camisetas. Malha sempre amassa menos.

5. Leve os xampus e os cremes em fracos menores (não é difícil encontrá-los à venda). Embalagens grandes ocupam espaço.

6. Enrole cada um dos frascos num saco plástico antes de colocar na nécessaire. Evita desastres como derramamento.

7. Os sapatos podem ser colocados em sacos individuais tipo Zip.

 

Dicas para usar bermuda no ambiente de trabalho

O verão brasileiro é a promessa de muito sol e calor, mas 2014 conseguiu superar qualquer expectativa! Com as altas temperaturas, a classe de advogados, executivos, entre outras profissões que precisam estar sempre vestindo roupas formais, sofre para manter a elegância no vestuário.

Entretanto, para a felicidade destes trabalhadores, muitas empresas liberam o uso da bermuda para homens, mas é bom não irritar o RH. Separei dicas dos melhores jeitos para usar a peça no escritório.

Aprenda como se vestir sem perder a elegância no escritório (Foto: Divulgação)

Aprenda como se vestir sem perder a elegância no escritório (Foto: Divulgação)

 

1-      Nada cheio de bolsos, estampado ou de surfistas. Guarde esses estilos para usar fora do escritório. Use bermudas neutras – o comprimento ideal é acima dos joelhos.

2-      Prefira combinar a bermuda com um blazer em tons neutros, por exemplo. O truque deixe seu semblante sério e despojado ao mesmo tempo.

3-      Em empresas formais, a parte de cima do look é sempre com camisa. Para empresas pouco formais, neste caso, pode usar uma camisa de manga curta ou polo.

4-       Em relação ao sapato, docksides e tênis formam uma boa combinação.

Dicas de como decorar a mesa do almoço e jantar em casa

Decorar a mesa para servir o almoço e jantar pode ser uma tarefa simples e que faz uma pequena diferença. Mesmo dentro de grande formalidade, a decoração pode trazer um mínimo de descontração ao ambiente! Segue abaixo umas dicas que fazem, na minha opinião, com que os convidados se sintam à vontade:

Coloque vaso com flores no centro da mesa mesa para embelezar o cenário (Foto: Divulgação)

Coloque vaso com flores no centro da mesa mesa para embelezar o cenário (Foto: Divulgação)

1. Use pratos brancos se quiser realçar as cores dos alimentos;

2. Quando for servir a refeição, decore o prato com minilegumes ou brotos de beterraba e cenoura; além de dar um charme à refeição, ervas como alecrim, manjericão, tomilho e hortelã também são bem vindas.

3. Procure não misturar os ingredientes. O certo é servir os acompanhamentos em um potinho junto ao prato principal.

4. Use toalhas e guardanapos que deixem a ocasião mais convidativa.

5. Prefira copos com pé e, de preferência, mais altos.

6. Coloque vaso com ervas e pimentas frescas ou até mesmo flores comestíveis no centro da mesa para embelezar o cenário.

Almoço

Oi pessoal. No fim de semana, reuni amigos em casa para um almoço bem descontraído. E como vocês sabem, adoro fazer um carinho nos meus convidados. Além de uma culinária bem preparada, um pouquinho de capricho na hora de arrumar a mesa também faz toda a diferença. Tirei algumas fotos para vocês se inspirarem. Espero que gostem. Beijo grande!

Pimenta Refresco

A pimentada hoje vai para um assunto muito delicado. Mas é preciso sempre puxar as orelhas das mães que usam os filhos na defesa de interesses muito pessoais e egoístas, como a alienação parental. Para quem não sabe, é quando um dos pais cria a indisposição do filho ao cônjuge para atingir objetivos pessoais. Mas não é só isso. Algumas mães vivem de ilusão. Veem os filhos como uma propriedade e, em alguns casos, até direcionam a vida deles no sentido de realizar sonhos que são seus e não da criança. É muita ignorância. Muitas vezes usam crianças inocentes para estarem no meio de alguma disputa, seja ela conjugal, social ou política. Algumas as usam para manter relacionamentos já desgastados e esquecem que filhos são apenas seres que Deus nos emprestou para um curso intensivo de como amar alguém além de nós mesmos. Nesse mundo, temos a obrigação de evoluir. E essa evolução depende muito de como nos relacionamos com nossos descendentes. Dito.

Pimenta Refresco

Tem muita gente que não consegue esconder a língua dentro da boca. Para alguns, isso é muito natural. Mas, além de um hábito feio demais, isso traz consequências às vezes desastrosas para a própria pessoa. Recentemente, uma pessoa fez uma confusão tão grande entre várias pessoas de seu relacionamento, denegrindo a imagem de todos uns para os outros, que ela própria, no fim da história, acabou sem a amizade de todas as pessoas envolvidas. O pior: levantou um assunto dela própria, que poderia passar por um boato infundado embora seja verdade, que acabou vindo à tona e confirmou-se a veracidade. Ou seja, o peixe morre pela boca. A pessoa em questão falou, falou e deu tiro no próprio pé. Hoje está só, pois perdeu a confiança da maior parte das pessoas. Talvez assim aprenda a ser menos linguaruda, e perceba que para tudo que se faz na vida, existe consequências. Perdeu a chance de estar bem na foto!

Pimenta Refresco

 

 

 

 

Funcionários mal remunerados e com condições de trabalho ruins passam para os clientes a impressão de produtos e serviços de péssima qualidade. Cansa ver tantas caras amarradas em supermercados e hipermercados da cidade. Recentemente, uma amiga queixou-se da dificuldade em transitar com o pai idoso em um hipermercado de Uberlândia, tamanha era a falta de organização na maneira de expor os produtos e como os funcionários se locomoviam desordenadamente para mudar estandes, recolher carrinhos etc. Segundo ela, o pai quase foi atropelado por eles e seus carrinhos por três vezes, sem direito a pedidos de desculpas. Como se não bastasse, não presenciou nenhuma cordialidade ao passar pelo caixa. Dá até saudades das antigas mercearias, onde as palavras de ordem eram respeito e amizade. Quem tem jornada exaustiva e salários ruins vai descontar no cliente. Será que dá para mudar isso?

Pimenta Refresco

Há situações absurdas que contando ninguém acredita. Como se não bastasse o disparate de algumas transgressões, as pessoas transgressoras se veem no direito de apelar e ficarem agressivas. A engajada Karolina Cordeiro, mãe de uma criança especial, luta há anos pelo respeito aos deficientes, principalmente no que se refere a ocupação das vagas especiais de estacionamento. No início do mês, em um shopping da cidade, ela chamou a atenção de uma motorista que estava ocupando uma destas vagas, a única disponível. A mulher engrossou e começou um bate-boca, com direito a palavrões da motorista, na frente das crianças. Karolina saiu para chamar a segurança do shopping. Quando retornou, a motorista já tinha ido embora, mas o seu veículo estava todo arranhado e com os parachoques quebrados. Dá para acreditar em uma coisa dessas? A motorista em questão é de que planeta? Que falta de civilização é essa? Está errada, mas ainda se vê no direito de não assumir o erro, proferir xingamentos na frente de crianças e ainda danificar o carro da reclamante? Será que existem muitos seres dessa espécie esdrúxula em nossa cidade?

Pimenta Refresco

Não entendo como alguém pode ter bichos de estimação, alguns até exóticos, e depois os abandonam à própria sorte. Alguém da vizinhança, aqui na Morada da Colina, simplesmente abandonou dezenas de pavões no terreno que foi vendido. As aves ficaram ao Deus dará, sabe-se lá até quando, uma vez que obras devem ser iniciadas no local. Hoje eles somam cerca de 30 e, em decorrência do estresse do abandono, fazem o maior balburdio a noite toda, atrapalhando o sono dos justos. Nada contra as aves, que são lindas. Mas fico realmente muito brava com a pessoa que as abandonou. Não se faz isso com os pobres bichos. É muita insensibilidade. Tirando isso, também é uma grande falta de educação. Será que esse senhor dispensa o mesmo tratamento às pessoas? Uma pessoa dessas, por exemplo, é capaz de se mudar e “esquecer” para trás os próprios familiares. Caso isso aconteça, que os vizinhos tenham a sorte de eles não serem tão barulhentos como os pavões.

Pimenta Refresco

Como se não bastasse desrespeitar as vagas de estacionamento para idosos, eles são desrespeitados também nas relações de consumo. Há picaretas que telefonam em nome de instituições sérias pedindo doações e, na verdade, são estelionatários querendo extorquir dinheiro das pessoas mais velhas, acreditando na ingenuidade delas. Mas, não somente isso. Empresas e instituições bancárias, muitas vezes, abusam dessa suposta ingenuidade, para vender produtos e serviços, com promessas muitas vezes não cumpridas. Vamos respeitar os idosos. As economias e pensões deles, em boa parte dos casos, é recurso de sobrevivência. Se já é feio ganhar dinheiro nas costas dos outros, mais feio ainda é abusar da boa fé dessas pessoas mais velhas. Lembrem-se que quem faz isso pode receber o troco de maneira muito grave em sua velhice.

 

 

 

 

Outro dia um amigo me relatou sobre uma conversa inusitada que ouviu na mesa de um restaurante. Ele contou que a esposa de um empresário da cidade se gabava de não confirmar com antecedência a presença em festas empresariais e nem trocar vouchers por ingressos em eventos culturais. Segundo ele, ela se colocava de maneira bem imponente como se estivesse acima destes eventos. Fiquei pensando em como deve ser limitada a dita cuja. E quanto sentimento de antipatia ela deve ter gerado nas pessoas responsáveis por tais eventos. Não sabe ela que por trás de todos os acontecimentos existe uma logística, um planejamento e um sistema que faz a gestão de tudo isso? A petulância de uma pessoa como essa só traz desgastes à sociedade. O que ela pensa ser chique, na verdade, é muito caipira. A verdadeira finesse, presente em grandes personalidades dos circuitos sociais e culturais em todo o Brasil e no mundo inteiro, é a pessoa se portar com elegância, com educação, e, acima de tudo, com sobriedade. Uma pessoa como essa, na minha opinião, é muito deslumbrada. Que Deus nos ajude. O mundo é mais civilizado que isso!

 

 

 

 

A bronca agora vai num tom bem sério. Quero puxar a orelha dos pais que incentivam crianças e adolescentes a se portarem como adultos e, o pior, sem perceberem, estimulam a eroticidade precoce, principalmente nas meninas. O que tem de garotinhas ainda cheirando a fralda fazendo biquinho e arrebitando bumbum para postar foto na internet é indecente. Muitos adultos, sem auto-crítica, também fazem isso. Até aí, tudo bem. Se eles não têm noção do ridículo, o problema é deles. Já são adultos. Agora, permitir que as crianças se exponham dessa forma? Isso é que dá achar “bonitinho” que elas gostem de músicas que beiram o mau gosto, e as dancem, como já dançaram um dia a “dança da boquinha da garrafa”. Pais, prestem mais atenção no que as filhas estão consumindo de música e nas fotos que elas postam na internet. Que tal apresentar coisas melhores pra elas? Assim elas percebem que o mundo vai além da indústria do entretenimento e descobrem mais opções de diversão, arte e cultura. O futuro agradece!


A sociedade está cheia de “santos do pau oco”, pessoas que se portam como exemplos de conduta e apontam os defeitos dos outros. Tal santidade já é nula por ficar obervando e comentando demais a vida alheia. Isso se chama fofoca. E há muitos deles de plantão nos salões da alta sociedade. Tais pessoas julgam os outros e não reconhecem as próprias fragilidades e defeitos. As aparências enganam. Antes o lobo do que o lobo em pele de cordeiro. Muitos se escondem atrás de seitas e religiões, se fazem passar por boas pessoas, mas são maldosas e inconsequentes. Será que essas pessoas ainda se lembram de algo mais humano dentro delas?

1 2  Scroll to top