CDL Uberlândia recebe integrantes do Partido Novo

93

 

No dia 2 de maio, quarta-feira um almoço na CDL Uberlândia terá a presença de integrantes do Partido Novo. Estão confirmadas João Amoêdo e Romeu Zema.

Para o presidente da CDL Uberlândia, Cícero Novaes, é importante receber representantes de vários partidos e pré-candidatos para repassar informações aos associados, orientando-os para as próximas eleições.

O evento, é para apresentar à população uma nova legenda e realizar filiações. O Partido NOVO foi construído por cidadãos de diversas profissões, nenhum político, e com um ponto em comum: a insatisfação com a quantidade de impostos pagos e a péssima qualidade dos serviços públicos oferecidos.

O Partido Novo é um partido político brasileiro de direita alinhado às ideias do liberalismo econômico. Fundado em 2011 por pessoas sem carreira política, teve seu registro deferido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em 15 de Setembro de 2015 e tem o 30 como número eleitoral. O partido não usa recursos públicos para suas campanhas políticas e é mantido exclusivamente por seus filiados e doadores.

 João Amoêdo é um engenheiro, administrador de empresas, economista, ativista político e palestrante. É um dos fundadores do Partido Novo, partido que presidiu até julho de 2017. Nascido em 22 de outubro de 1962 (idade 55 anos), Rio de Janeiro, Rio de Janeiro – Brasileiro. Ele será o candidato à presidência, pelo Partido Novo.

Romeu Zema é natural de Araxá, no Alto Paranaíba, (Romeu Zema Neto) tem 52 anos, e será o candidato do Partido Novo ao cargo de governador do estado. Ele é presidente do conselho do Grupo Zema, do qual deixou a função de CEO no final de 2016. Recebeu bem o convite do  Partido Novo, que é contra coligações, não usa recursos de fundo partidário, nem permite a reeleição mais de uma vez para o mesmo cargo.

Zema afirma que nunca pensou em entrar para a política e que nunca contribuiu financeiramente para candidatos nem partidos começou a refletir e chegou à conclusão de que empresários podem contribuir para a política e que o único partido com possibilidade de mudança é o Novo para acabar com esse círculo vicioso na política.

Para se candidatar no Partido Novo o pretendente tem de ser aprovado em um processo seletivo. O partido defende a menor atuação do Estado. Atualmente, em Minas, cerca de 1,1 mil filiados contribuem com o valor mensal de R$ 28,23 para manter o Novo.

Um dos formuladores do Plano Real, Gustavo Franco, é a referência de João Amoêdo. O economista deixou em 2017 o PSDB, após 28 anos no partido, e filiou-se ao Novo e tem chances de compor algum ministério caso João Amoêdo venha a ser eleito.

Local: CDL Uberlândia (Sala Espaço +) – 4° andar

Participação: G7 (Aciub, CDL, Conselho de Veneráveis, Fiemg, OAB Uberlândia, Sindicato Rural e Sociedade Médica)

Data: 2/5

Horário: 12h

 

You might also like More from author

Comments are closed.