Chega em Brasília exposição internacional e inédita de Frida Kahlo com entrada gratuita

13

    
   

Atenção fãs da pintora mexicana Frida Kahlo :
período de 13 de abril a 5 de junho de 2016, a Caixa Cultural de Brasília recebe a exposição “Frida Kahlo e as mulheres surrealistas no México”. Com entrada franca, a exposição traz ainda pinturas de Maria Izquierdo, Remedios Varo, Lenora Carrington e outras artistas conterrâneas a Frida.

Será possível ver de perto óleos sobre tela e obras em papel, assinados por Frida Kahlo e obras de outras 14 artistas, nascidas ou radicadas no México, todas autoras de produções potentes, totalizando 136 obras. María Izquierdo, Remedios Varo, Leonora Carrington, Rosa Rolanda, Lola Álvarez Bravo, Lucienne Bloch, Alice Rahon, Kati Horna, Bridget Tichenor, Jacqueline Lamba, Bona Tibertelli, Cordelia Urueta, Olga Costa e Sylvia Fein tiveram relação pessoal com Frida Kahlo e/ou com o surrealismo, linguagem na qual a obra da artista está inserida. A mostra tem curadoria da mexicana Teresa Arcq, uma das mais importantes historiadoras de arte do mundo na atualidade. A idealização e coordenação geral é do Instituto Tomie Ohtake.

Mas “Frida Kahlo – Conexões Entre Mulheres Surrealistas No México” ainda reserva outras preciosidades, como uma mostra de filmes, dedicados às artistas Alice Rahon, Rara Avis (Bridget Tichenor), Jacqueline Lamba, Leonora Carrington, Remedios Varo, além de Frida Kahlo; uma litografia assinada por Diego Rivera; e vestimentas, acessórios, documentos, registros fotográficos, catálogos e reportagens ligados à artista. A curadoria é da pesquisadora Teresa Arcq.

Devido ao grande interesse que a artista desperta, a visitação à exposição será feita mediante o agendamento da visita por meio do site frida.ingresse.com ou com a retirada de senha diretamente na bilheteria da CAIXA Cultural Brasília (a partir de 13 de abril).

Frida Kahlo (nascida em 6 de julho de 1907, em Coyoacán, México, onde morreu em 13 de julho de 1954) pintou apenas 143 telas. Dentre as 20 pinturas de Frida na exposição, seis são autorretratos. Há ainda mais duas de suas telas que trazem a sua presença, como em “El abrazo de amor del Universo, la terra (México). Diego, yo y el senõr Xóloti” (1933), e “Diego em mi Pensamiento” (1943), além de uma litografia, “Frida y el aborto” (1932). Imagens de Frida Kahlo estão presentes ainda nas fotografias de Nickolas Muray, Bernard Silberstein, Hector Garcia, Martim Munkácsi, e na litografia “Nu (Frida Kahlo)” (1930), de Diego Rivera.

SERVIÇO
Exposição: Frida Kahlo – Conexões Entre Mulheres Surrealistas No México

Local: CAIXA Cultural Brasília

Endereço: SBS Quadra 4 Bloco A Lotes 3/4, s/n, Asa Sul – Centro

Visitação pública: de 13 de abril a 5 de junho de 2016

Horário: das 9h às 21h

ATENÇÃO: Entrada franca. Ingresso mediante a retirada de senhas

Agendamento da visita: por meio do site frida.ingresse.com

Retirada de senhas na bilheteria da CAIXA Cultural Brasília – a partir de 13 de abril, das 9h às 20h

Informações: (61) 3206-9448 / 9449

Idealização e coordenação geral: Instituto Tomie Ohtake

Realização: Ministério da Cultura.

  

você pode gostar também Mais do autor

Comentários estão fechados.