Cuidados tornam anúncio de demissão menos traumático

84

 

slide1-1024x768Com o desemprego em alta devido à crise econômica, cada vez mais as empresas têm feito cortes no quadro profissional para equilibrar as finanças. Uberlândia tem saldo de 2.345 posições de trabalho fechadas em 2016, nos oito primeiros meses, segundo o mais recente Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgado pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Em agosto, houve 148 demissões a mais que contratações na cidade. Em Minas Gerais, foram 13,1 mil demissões a mais que contratações em agosto de 2016. E, no Brasil, no mesmo período, 33,9 mil vagas formais foram fechadas.

Diante dessa realidade, tem sido necessário informar um número maior de desligamentos aos funcionários preteridos. Para evitar anúncios traumáticos de demissões, os responsáveis por este tipo de comunicação têm sido orientados a fazê-las de forma respeitosa e esclarecedora. “Toda demissão é difícil e dolorosa. Mas, existem formas para que ela seja feita de maneira menos turbulenta e questionável”, observa o psicólogo Miguel Soares. “É fundamental o profissional responsável por comunicar a dispensa manter a calma e ter uma conversa franca e particular com o colaborador que está sendo mandado embora”, disse.

Segundo a analista comportamental Hérica Santos, quem for comunicar uma demissão também deve fazê-la em um lugar tranquilo e livre de interrupções. E se colocar à disposição para referências e/ou indicações. Essas são formas de demonstrar respeito por quem está sendo desligado, afirma Hérica Santos.

“Lembre-se de deixar clara a razão do desligamento para que não fiquem dúvidas. E mostre que, antes de ser tomada essa decisão, aquele empregado recebeu uma série de feedbacks que mostravam a necessidade de melhorias em seu trabalho e que não geraram nenhum resultado positivo”, explica a analista comportamental.

Para que a dispensa ocorra sem problemas, é importante também providenciar toda a documentação para a dispensa e conferi-la antes de oficializar a saída do profissional, segundo a analista comportamental Hérica Santos. “Para uma reunião de demissão, é importante ter em mãos todos os documentos que deram suporte à decisão, como avaliações de desempenho e atas administrativas”, destaca.

You might also like More from author

Comments are closed.