Dia Nacional da Saúde: a prevenção é o melhor remédio contra o câncer

134

No Hospital do Câncer em Uberlândia são cerca de 2 mil casos novos ao ano;
Grupo Luta Pela Vida e NUPPEC lançam vídeos sobre prevenção

Nesta quarta-feira (5), comemora-se o Dia Nacional da Saúde e é bom lembrar que equilibrar o físico e mental, através de uma boa alimentação, de atividade física, de descanso, tempo para lazer é de suma importância. Estes fatores previnem várias doenças, inclusive o câncer. Para o Brasil, a estimativa do Instituto Nacional de Câncer é que para 2020, 2021 e 2022, surgirão 625 mil casos novos de câncer em cada ano. No Hospital do Câncer em Uberlândia, são em média 2 mil novos casos ao ano, sendo que os mais incidentes são os cânceres de mama, na mulher e de próstata, no homem. É comprovado que existem alguns fatores que aumentam o risco de uma pessoa desenvolver o câncer. O oncologista e coordenador médico do Núcleo
de Projetos, Prevenção e Pesquisa do Hospital do Câncer em Uberlândia,Rogério Araújo explica que algumas pessoas herdam dos pais alterações genéticas, outras as adquirem ao longo da vida. “As alterações genéticas adquiridas ao longo da vida estão relacionadas aos hábitos de vida, como tabagismo, excesso de peso, alimentação inadequada, sedentarismo, alcoolismo, exposição a produtos químicos, exposição à radiação, dentre outros. Com o passar dos anos a pessoa estará mais tempo exposta a fatores ambientais, por isso, o cultivo de hábitos saudáveis é a melhor forma de prevenção”.

Isolamento social: estresse e má alimentação

Segundo a pesquisa ConVid – Pesquisa de Comportamentos, elaborada pela FIOCRUZ, em parceria com a UFMG e a UNICAMP, as pessoas estão praticando menos hábitos saudáveis durante a pandemia, mostrado que consumo de alimentos ultraprocessados e de bebidas alcoólicas aumentaram.
O oncologista Rogério Araújo destaca as possíveis consequências para esse comportamento: “Esse padrão alimentar aumenta o risco de câncer colorretal, mama na pós-menopausa, próstata avançado, entre outros. O isolamento social, necessário durante a pandemia, trouxe desafios, mas também uma oportunidade de rever as práticas alimentares. Prefira alimentos in natura ou minimamente processados e, ao cozinhar, utilize pequenas quantidades de óleos, gorduras, sal e açúcares”, aconselha o
oncologista.

Nesse momento de isolamento social, Rogério Araújo ainda orienta a busca pela atividade física. “O exercício físico faz bem pra mente e pro corpo, reduzindo a ansiedade e o estresse e melhorando a disposição. Durante o dia mantenha seu corpo hidratado e faça de 150 a 300 minutos semanais de atividade física, leve ou moderada, ou de 75 a 150 minutos de atividade de intensidade vigorosa”.

#CuidaréViver – A melhor atitude é a prevenção

O Grupo Luta Pela Vida e o Núcleo de Projetos, Prevenção e Pesquisa do
Hospital do Câncer em Uberlândia (NUPPPEC), estão produzindo uma série de vídeos que abordam a prevenção, a incidência, os fatores de risco e rastreamento dos cânceres mais prevalentes da população brasileira, como o de mama, colo de útero, pulmão, próstata, pele e colorretal e sobre o câncer de forma geral.
O objetivo desses vídeos é universalizar a informação para toda população, além de passar uma mensagem de que 95% dos cânceres estão relacionados a fatores modificáveis, chamando atenção para um diagnóstico precoce da
doença. Nesse mês de agosto serão lançados dois vídeos.
Em comemoração ao Dia Nacional da Saúde, amanhã, dia 5 de agosto estará disponível o vídeo sobre o surgimento do câncer e seus principais fatores de risco. E no dia 29 de agosto, Dia Nacional de Combate ao Fumo será lançado o vídeo sobre o tabagismo. Os vídeos estarão disponíveis para população em todas as plataformas digitais do Hospital do Câncer, Youtube, site, Instagram,Facebook, entre outros.

You might also like More from author

Comments are closed.