Em Sociedade

14
Cora Pavan Capparelli (Foto: Cleiton Borges)
Cora Pavan Capparelli (Foto: Cleiton Borges)

Cora Pavan Capparelli

Compartilho aqui trechos de um depoimento do produtor cultural e jornalista Carlos Guimarães Coelho sobre dona Cora Pavan Capparelli, que traduzem bem a importância de sua trajetória para a cidade e imagens feitas pela fotógrafa Thaneressa Lima de algumas pessoas que passaram pelo Teatro Municipal, na noite de quinta, para prestigiar o belo documentário “Tons de Cora”, realizado pela Close Comunicação e seus funcionários e colaboradores: “…Dona Cora Pavan Capparelli é altamente merecedora de todas as homenagens que lhe são feitas, não só por suas grandes realizações, que ajudaram a impulsionar o desenvolvimento cultural da cidade, mas também pela ética e transparência que lhe são inerentes.

Foi Dona Cora também quem abriu os caminhos para a implantação do curso de Música na Universidade Federal de Uberlândia. E é ela quem, até hoje, ainda trabalha em projetos culturais com vistas às realizações de concertos, intercâmbios entre músicos e festivais de cordas.

É preciso evidenciar sempre as pessoas que fazem algo de verdadeiro pela cultura local. Não aqueles que trabalham em benefício próprio ou que veem na cultura uma forma de projeção social e prosperidade financeira. Mas sim aqueles que trabalham por ela por não conseguirem viver distantes disso, que amam o fazer cultural como a própria vida e não concebem a possibilidade de uma cidade progredir sem ter também o seu desenvolvimento cultural. Aqueles que têm alma de artista e trazem na verve o viciante e prazeroso veneno da arte. E assim é dona Cora Pavan Capparelli…”

Caio Ribeiro, Eleusinha e Eleusa Garcia Melgaço e Luiz Alexandre Garcia em homenagem na Assembleia (Foto: Cleiton Borges)
Caio Ribeiro, Eleusinha e Eleusa Garcia Melgaço e Luiz Alexandre Garcia em homenagem na Assembleia (Foto: Cleiton Borges)

Paulo Henrique Petri (Foto: Cleiton Borges)
Paulo Henrique Petri (Foto: Cleiton Borges)

60 anos

Depois de receber homenagens em Brasília, na Câmara dos Deputados, e em Uberlândia , na Câmara de Vereadores, foi a vez de o governo de Minas, por meio da Assembleia Legislativa, parabenizar a Algar Telecom, antiga CTBC, pelos 60 anos de fundação. Deputados, empresários, executivos, acionistas e associados da Algar lotaram o plenário da Assembleia na quinta-feira, à noite, para homenagear a empresa sediada em Uberlândia e com atuação em todo o Brasil. Uma noite muito agradável para um reconhecimento mais do que merecido.

Celso Machado, Sílvio Capparelli e Vitorio Capparelli (Foto: Cleiton Borges)
Celso Machado, Sílvio Capparelli e Vitorio Capparelli (Foto: Cleiton Borges)

O secretário de cultura Gilberto Neves (Foto: Cleiton Borges)
O secretário de cultura Gilberto Neves (Foto: Cleiton Borges)

Patrícia Galassi, Roberta Mello, Kátia Carneiro e Luciana Franco em noite festiva (Foto: Cleiton Borges)
Patrícia Galassi, Roberta Mello, Kátia Carneiro e Luciana Franco em noite festiva (Foto: Cleiton Borges)

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta