Em Sociedade

531

Corações gigantes

Deixo aqui registrada minha admiração pelas pessoas que se doaram, com tempo, trabalho e até recursos materiais, para serem voluntários em movimentos de socorro a quem precisa nestes tempos de pandemia. Movimentos como Juntos por Uberlândia, Cultura Luta, Luta Pela Vida, entre dezenas de outros, têm feito diferença na vida de muita gente. Registro, especialmente, a militância de Raquel Garcia, à frente do movimento Juntos por Uberlândia. Ela, com todos os voluntários da ação, tem feito um trabalho incrível. Mil aplausos a todos. O movimento já arrecadou mais de R$5 milhões, utilizados na aquisição de 20 respiradores, produção e aquisição de mais de 100 mil máscaras, incluindo as N95 e cirúrgicas triplas, 10 mil faceshields e mais de 30 mil cestas básicas e kits de higiene, destinadas para mais de 400 entidades que fizeram a distribuição a milhares de famílias. Mas, por incrível que pareça, tudo isso ainda é pouco e ainda há muitas pessoas sem o aporte necessário nesse cenário devastador. A partir de agora, uma grande campanha terá início em praticamente todos os veículos de comunicação da cidade, para novas arrecadações e novos socorros à população. Abrace isso. Colabore. Divulgue. Participe!

Verve artística

Pela Vida

Minha amiga Priscila Schiavinato sempre me surpreendeu com seu talento e criatividade como designer de acessórios.Agora, ela também decidiu canalizar essa energia criativa para as telas e tem produzido obras maravilhosas em pinturas abstratas. São imagens belas e alegres que, certamente, terão a composição ideal com os ambientes que ela cria. Parabéns e sucesso!

Acontece nessa quinta-feira o 1º Leilão Virtual do grupo Luta Pela Vida, mantenedor do Hospital do Câncer de Uberlândia. O evento será às 19h, por meio do site doehospitaldocancer.org/leilão, com transmissão ao vivo através da página do Facebook do Hospital do Câncer em Uberlândia. Entre os itens mais chamativos estão um blazer do cantor Regis Danese, uma camisa da Seleção Brasileira autografada pelo jogador Robinho; uma camisa do basquete do Flamengo, autografada pelo Oscar Schmidt; uma camisa autografada pelo Pelé; um violão autografado pela dupla Israel & Rodolfo; um piano vertical Fritz Dobbert, uma luminária roda rústica com 100 cm de diâmetro e outros objetos autografados por artistas, além de lotes de animais, joias, artesanatos, móveis e instrumentos musicais. para conferir todos os itens, basta acessar o Catálogo de Lotes no link do evento.

Incertezas

Talvez o pior dessa pandemia seja a gente nunca saber o que está por vir. E ficamos oscilando entre a esperança por soluções e dias melhores e a angústia de não sabermos o que nos aguarda. Por mais uma semana, até o dia 10, ao menos oficialmente, continua tudo como está, segundo pronunciamento do prefeito. Mas, após isso, devemos seguir as orientações do governo estadual, dentro do programa Minas Consciente. Mas, diante das incertezas, o melhor a fazer é sermos todos colaborativos. Cuide-se. Previna-se. Pense no outro. Nos outros. Tudo isso só vai passar se agirmos com maturidade e os cuidados necessários.

Sem julgamentos

Penso também que está passando da hora de as pessoas pararem de olhar para os lados e, como for possível, seguir em frente. O empresário que precisa abrir o seu negócio, do qual retira o próprio sustento e o de seus colaboradores, o está fazendo tomando todas as medidas de prevenção necessárias. O que não está saindo de casa, não o faz por que tem razões para isso, seja o medo ou o fato de ter na família pessoas em situação de risco. Quem pode, fica em casa. Quem não pode, saia tomando os cuidados necessários. É assim que deve ser. E neste contexto, todos devem se respeitar. Chega de críticas, não? As pessoas já estão bastante vulneráveis para se sentirem “condenadas” nesse momento difícil que todos nós estamos atravessando. Claro, existem sim as pessoas irresponsáveis. Mas, ignorá-las talvez seja o melhor caminho.

Gourmet

A publicitária Sara Elydio, criadora do perfil @esposagourmet, foi uma das participantes na do MasterChef 2020 Amadores, que foi ao ar pela Band semana passada. Sara é natural de Cosmópolis, no interior de SP, mas tem fortes vínculos com Uberlândia, pois um dos seus filhos, Raul, nasceu na cidade, quando ela atuava como gerente de marketing do Center Shopping, período em que também surgiu o projeto do perfil gastronômico em que compartilha receitas de fácil preparo, mas sempre com um toque gourmet.

Primeiro amigo

Está no ar a campanha do Uberlândia Shopping para o Dia dos Pais. Ela traz ativações nas redes sociais, engajando o público de uma forma leve e divertida, com conteúdos que estão em alta. Os filhos poderão também declarar o amor por seus pais, dizendo o que mais gostam de fazer quando estão juntos. E também está sendo oferecida com uma consultora para ajudar a escolher o mimo ideal para o paizão. Para ter essa consultoria, basta o cliente entrar em contato com o WhatsApp do Uberlândia Shopping (34 9816-9933) e descrever as características do pai ou do presente que tem em mente. A consultora vai indicar a loja, enviando fotos dos produtos e preços e, caso o cliente deseje, fará a reserva na loja por até 24 horas. O presente pode ser retirado direto na loja ou no drive-thru.

Talking

De amanhã até sexta, acontece a Algar Telecom Talks, um evento 100% online e gratuito voltado para empresas que querem entender o que é preciso fazer para se adaptar e sobreviver no mercado hoje em dia. Serão cinco dias de evento, de 3 a 7 de agosto, às 15h. Para se cadastrar basta entrar no link: https://algartalks.com.br/ .

Tô dentro

O espírito de cordialidade que tem se instalado nesse tempo de distanciamento social. Muito bacana as “homenagens” que têm surgido em forma de correntes virtuais, como os cards elogiando profissionais que as pessoas admiram, amigos dos quais sentem saudades, artistas amigos cuja arte está fazendo falta, etc. A ausência parece estar acendendo o afeto, a admiração e o reconhecimento entre as pessoas.

Tô fora

Pretensos candidatos assediando as pessoas em início de campanha. Já é desagradável ver “preocupações” que nunca existiram parecerem que sempre foram “metas” de vida dessas pessoas. Pior ainda é vê-las pegando carona em iniciativas sociais dos que têm realmente ajudado os mais necessitados em tempos de pandemia e “abraça-las” como se fossem bons samaritanos. A hipocrisia reina. E isso, por si, já revela o despreparo e oportunismo de tais “candidatos”.

Pimenta refresco

Fica a máxima de que nada se cria, tudo se copia. E não refiro a produções criativas, postagens, etc., mas sim à conduta na própria vida. Tem gente que mira no outro e reproduz os seus passos, para o bem e para o mal. Tudo bem que precisemos de referências e exemplos, mas mesmo estes devem ser lapidados e adaptados à vida de cada um. Essa ausência de personalidade pode ser muito comprometedora, já que não existe o senso crítico e a observação de como as atitudes de outra pessoa cabem ou não na sua vida. Vejo pessoas criticando abertamente o que o outro criticou e, na prática, sendo contraditórias com a sua própria crítica. Há de se ter cuidado. Quando alguém vai a público e emite uma opinião, tem de analisar o próprio comportamento e verificar se ele condiz com suas palavras. Já basta a hipocrisia reinando nas relações por conveniência, no puxa-saquismo (que até desmorona, também quando é conveniente), no oportunismo e no complexo de superioridade. A sensação que se tem é que o mundo está sem espelhos e, com isso, as pessoas têm de olhar e seguir o modelo de outros. Mas, na verdade, não estamos tendo muitos “modelos” a seguir. Desde antes do coronavírus, o mundo anda muito doente. O que nos resta? Talvez descobrirmos de fato quem somos e, pelo menos, tentar agir com autenticidade. Se formos cópia de outros, seremos sempre cópias mal feitas e correndo o risco de nos trairmos em nossas ações. Pense, reflita, descubra-se. Vida de verdade. E com verdade!

You might also like More from author

Comments are closed.