Em Sociedade

339

Top of Mind

Acontece nesta terça, 17, mais uma edição do evento Top of Mind. O Top of Mind é resultado de uma pesquisa que detecta as marcas que permanecem na lembrança dos consumidores. Durante 19 anos foi uma iniciativa do extinto jornal Correio de Uberlândia e atualmente é conduzido pela Nós Produtora e Aciub. Neste 2020, a premiação será realizada virtualmente, em função da pandemia do coronavírus.

Na TV Cultura

Falando em Nós Produtora, o programa Uberlândia de Ontem e Sempre celebrou os seus 15 anos de existência. E essa comemoração se dá de casa nova. Desde ontem, passou a ser veiculado na TV Universitária, repetidora da TV Cultura, a partir de então, com exibições semanais, sempre nas tardes de sábado, às 14 horas.

Moderno Noel

Até o bom velhinho entrou na era da internet. Desde a última quinta, o Papai Noel do Center Shopping está interagindo com o público direto da Lapônia através de um bate papo virtual. Além disso, o Shopping mostra a tradicional Árvore de Natal, com 10 metros de altura, junto à decoração mágica da ‘Mini Cidade do Noel’ montada na praça de eventos. E para ficar ainda mais completo, o Center Shopping irá sortear iPhones 11 Black todos os dias.

Solidários

O tradicional Bazar Hospital do Câncer em Uberlândia está de volta, com um prazo maior para os interessados em adquirir roupas, calçados e acessórios com valores especiais fazerem suas compras em segurança e ainda apoiar a luta contra o câncer. Esta edição está acontecendo até o dia 30 de novembro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, e também terá um novo local, a Unidade 2 do Hospital localizado na avenida Dom Pedro II, 365, no bairro Alto Umuarama.

Oportunidade

O Centro Universitário do Triângulo – UNITRI está com inscrições abertas para diversos cursos de extensão, de curta duração, nas áreas de negócios e tecnologia, ciências agrárias, jurídica e saúde e beleza. As inscrições devem ser feitas pelo site: unitri.edu.br/cursos/cursos-de-extensao.

Palestras

O curso de biomedicina da Una Itumbiara promove a ‘1ª Semana da Biomedicina’. O evento, gratuito e destinado aos profissionais, estudantes da área e comunidade, está acontecendo sexta-feira, com organização dos professores Wellington de Oliveira Junior e Joyce Arantes. A mediadora será a coordenadora do curso na Una, Dayana Melo. Para participar basta acessar o link: bityli.com/ZgyDk no horário das palestras para acessar as transmissões.

Tô dentro

Enquanto a tendência em geral é a ultra exposição e marcar presença de qualquer forma, há aquelas pessoas que, mesmo inteligentes e sensíveis, não ficam se expondo o tempo todo e querendo convencer ninguém de nada. Acho bacana gente que não tem esse desespero que alcançar uma suposta popularidade na internet, mesmo com potencial para isso.

Tô fora

Há pessoas que não evoluem e estão sempre metidas em confusão . Entra ano, sai ano e a pessoa está sempre fazendo novos inimigos . Penso que esse tipo de gente não quer amigos, mas sim espelhos, pessoas que alimentem o seu ego.

Pimenta refresco

Alguns amigos andaram falando coisas parecidas e eu concordo plenamente. Tem muita gente confundindo conceitos e valores para justificar comportamentos virtuais inadequados. Por exemplo, chamar de autoestima uma superexposição vulgar na internet. Isso, na verdade, é baixa estima. Tem baixa estima quem posta nudes ou closes narcisistas, querendo “causar”. Diferente de quem tem o corpo como instrumento de trabalho, como modelos e artistas. E, claro, se chegaram a este patamar, é por que tem o que mostrar. É devaneio pensar que hábitos tão pessoais interessem de um modo geral. É narcisismo acreditar que o que a pessoa veste, não sendo estilista ou modelo, o que ela despe, não tendo um corpo escultural, o que ela come, não sendo profissional da área de alimentos, , seja do interesse de alguém. Penso que as pessoas deveriam refletir melhor sobre várias coisas: 1) há maneiras mais criativas e produtivas de ser “atraente” nas redes virtuais. 2) a saúde mental, de quem posta e de quem vê as postagens é mais importante do que qualquer outra coisa 3) o contexto geral, no Brasil e no mundo, é de uma pandemia, quando as dores, isolamento social e falta de poder aquisitivo de uma boa parcela da população devem ser respeitados. Quer saber ? Busque inteligência e criatividade nas postagens, ser raso assim não é um arraso, é mico mesmo.

You might also like More from author

Comments are closed.