Em sociedade

236

Otimismo

Nada como começar o ano com a boa notícia do movimento que se vê com as aquisições das vacinas contra o Coronavírus , crescendo as expectativas para que todos fiquemos imunes à doença e o número de mortes pare de crescer. Já vejo muita gente com o bracinho esticado, ansiosa pelo fim desse prolongado isolamento social. Fé na vida é o que precisamos ter!

Entrevista

Falando nisso, o médico Clauber Lourenço é a atração do programa matinal da TV Paranaíba, Manhã Total, nesta segunda, às 7 horas. Ele falará sobre a pandemia do coronavírus Covid19 e a tão aguardada vacina que já está chegando.

Popularidade

Quem é querido, é sempre reconhecido em seus momentos mais pessoais. O músico Hugo Barata, capitão da banda Venosa, recebeu diversas manifestações de carinho e admiração neste sábado, pela passagem de seu aniversário, o que transpareceu sua enorme popularidade e carisma.

Reconhecimento

A ONG Pontes de Amor, nas figuras de Sara Vargas e Rodrigo, recebeu, ontem , o troféu Inspiração no programa do Luciano Hulk. O quadro do programa destaca ações humanitárias em todo o país, que de fato existam em prol da coletividade e sirvam de inspiração para as pessoas. Parabéns por este belo trabalho e pelo reconhecimento em nível nacional.

Suspense

Uma luminosa estrutura, de cores vivas, chama a atenção dos transeuntes no Parque do Sabiá. O suspense está no ar para saber do que se trata e a prefeitura promete revelar a surpresa nos próximos dias.

Alerta

Diante das tempestades de verão, tem se falado muito dos perigos da avenida Rondon Pacheco, o ponto mais grave em se tratando de alagamentos na cidade. Em vez de apenas criticar os erros do passado na construção da via, vamos estabelecer isso como um ponto de alerta e torcermos para que as coisas se resolvam. Tecnologia deve existir para que se encontre uma solução. Enquanto isso, o que vale mesmo é o olhar atento e evitar lugares de risco em caso de chuvas.

Homenagens

No sábado, 9, foram muitas as homenagens virtuais aos fotógrafos da cidade, por ocasião do Dia do Fotógrafo. Entre elas, o artista visual Charles Chaim postou duas obras feitas para Beto Oliveira e Roberto Chacur, ambos veteranos na arte de fotografar em Uberlândia. Os quadros foram feitos há cerca de dois anos, mas Chaim aproveitou a data para relembrá-los e parabenizar os amigos.

Janeiro Branco

Há alguns anos, estabeleceu-se que o primeiro mês do ano seria chamado de Janeiro Branco, em prevenção às confusões mentais e conflitos emocionais que comprometam a saúde psíquica. A ideia é chamar a atenção para as formas de tratamento que promovam o equilíbrio da saúde mental. Estejamos todos nesse fluxo prestigiando o Janeiro Branco.

Descanso

O jornalista Sérgio Gouveia embarcou ontem para merecidas férias na Bahia . Depois de um tour rápido por Salvador , ele segue para a paradisíaca ilha de Morro de São Paulo

Certificação

O Mercure Uberlândia Plaza Shopping é o primeiro hotel da cidade a conquistar o selo ALLSAFE, uma validação do padrão de higiene, com verificação de consultorias externas. Esta certificação é referente aos novos padrões de limpeza e prevenção, verificando que todos os procedimentos são rigorosamente cumpridos no hotel.

Inconformado

Banido das redes sociais da Internet, o inconformado presidente norteamericano Donald Trump atribuiu às esquerdas radicais sua expulsão das plataformas virtuais, acenando com a possibilidade de criar a sua própria rede na internet. Poder financeiro para este investimento, até que ele tem.

Exemplos

A rainha do futebol feminino mundial, a brasileira Marta Vieira da Silva, seis vezes eleita a melhor jogadora do mundo, anunciou que vai se casar com Toni Deion Pressley. Elas assumiram o namoro há dois anos, quando superaram juntas um câncer de mama sofrido pela jogadora americana. Ambas hoje militam em campanhas de prevenção contra a doença. São também militantes de apoio ao veganismo e aos direitos dos animais.

Tô dentro

O desapego. Enquanto tanta gente só dá valor financeiro ao que possui e vende até escova de dentes usada, outros se propõem a doar livremente aquilo que não usam mais. Isso é generosidade e espiritualidade.

Tô fora

Nas discussões se a terra á redonda ou plana, a conclusão que se chega é que o mundo tá chato mesmo. Nunca imaginei me deparar com tanta gente fiscalizando e julgando a vida alheia. Quero ver quando a pandemia passar, se essa preocupação toda com o próximo vai permanecer.

Pimenta refresco

Recentemente, soube de um processo seletivo em uma empresa que precisava de fato de bons profissionais para se firmar no mercado, onde o seu posicionamento ainda é bastante frágil, e a pessoa responsável pela seleção “desprezou” o currículo de uma pessoa super experiente. Ela, inclusive, que se candidatou muito mais pelo desafio de ajudar a “salvar” a empresa do que por questões salariais, curriculares, etc., de modo que, pela lógica, diante da competência técnica, a escolha deveria ser por ela. Contudo, sabe-se lá por quais razões, a candidatura foi preterida e o cargo entregue a uma pessoa incomparavelmente sem a mesma experiência e o perfil mais adequado. Isso serve para ilustrar como empresários correm risco ao confiar nas decisões de seus colaboradores. Podem, inclusive, perder grandes oportunidades de darem uma guinada em seus negócios pelo simples fato de escolhas serem pautadas por motivações pessoais da parte de quem detém o poder da decisão. Nesse caso específico, elas podem ter sido baseada em intrigas, uma vez que pessoas competentes costumam serem alvos de fofocas maldosas, por receio de ter sob sua supervisão alguém de expressão profissional em nível de excelência e com isso ficar insegura com a sua própria posição, por uma mera antipatia gratuita à pessoa que se candidatou ou por incompetência mesmo, por não enxergar diante dos seus olhos as possibilidades que aquela pessoa lhe traria de alavancar novos cenários para a empresa. Resumo da ópera: alguns empresários devem se envolver mais em questões que sejam determinantes para o futuro de suas empresas. Claro, devem delegar também às pessoas que ocupam cargos de sua confiança e dar-lhes autonomia, mas sempre observando se o olhar está sendo em nível profissional ou pessoal. E assim não perderem colaborações inestimáveis e altamente valorosas de quem tem muita coisa a oferecer. Simples assim!

You might also like More from author

Comments are closed.