Em Sociedade

790

Exuberante

Deixo aqui os meus aplausos e admiração pelo trabalho do jornalista Fábio Castro, exibido ontem no programa Globo Repórter, por sinal sempre de grande qualidade. Pauta fantástica, cenários exuberantes, histórias surpreendentes. Nota 10 para toda a equipe. Fábio saiu de Uberlândia e atualmente trabalha da TV Globo de Goiânia. Na faculdade de jornalismo aqui na cidade foi colega de amigos queridos como Analu Guimarães, Carlos Guimarães Coelho, entre outros. E hoje é um talento que brilha em nível nacional. Parabéns pelo trabalho, Fábio Castro!

Futuro

A chocolateira Cecília Markevitz ganhou um tempero extra em sua vida essa semana: a notícia de sua filha ingressando no curso de Medicina da Universidade Federal de Uberlândia. Parabéns à jovem estudante e muito sucesso em sua carreira.

Só alegria

O executivo Dilson Dalpiaz e a esposa, Fatinha Dalpiaz, estão felizes da vida. Serão avós novamente. Dilsinho será papai de novo. Parabéns à família por mais esse integrante.

Doação

Várias instituições da cidade somam esforços no enfrentamento ao coronavírus. O Sesi doou 20 beliches e 39 colchões para o Hospital de Campanha do Município. O material está em bom estado, pois fazia parte de um alojamento desativado do Sesi.

Possibilidade

Gostei de uma notícia dada pela jornalista Joyce Pascowitch soltou essa semana, sobre “shows-testes” realizados em algumas cidades na França, a partir de uma experiência bem sucedida na Espanha, em Barcelona. É simples. Um evento é realizado normalmente, em espaço fechado, com todas as medidas necessárias, apenas para pessoas com teste negativo. Depois, há um acompanhamento dos espectadores para verificar se houve contaminação. Uma possibilidade! E seria bom para os setor de eventos culturais, extremamente prejudicado com pandemia.

Solidários

O bem sucedido movimento Juntos Por Uberlândia, que já realizou excelente trabalho para o enfrentamento da pandemia, acaba de lançar a campanha Respira Uberlândia, em prol da aquisição de respiradores para a cidade.

Alternativa

Falando em respiradores, foi ventilada também a possibilidade de a Prefeitura de Uberlândia comprar o tal do Elmo, espécie de capacete que no tratamento dos pacientes com Covid-19. O aparelho pode diminuir em 60% a necessidade de internações em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Equilíbrio

Está sendo realizado esse semana, terminando hoje, o 1º Congresso Internacional de Yoga e Ayurveda no Brasil, realizado por Suddha Yoga e Ayurveda, grupo de instituições coordenadas pelo Dr. José Ruguê, de Uberlândia (MG), direto Suddha Sabha Yoga Ashram, espaço localizado na zona rural de Araguari (MG) dedicado à saúde do corpo, mente e espírito. Yoga e Ayurveda, ciências que caminham juntas e propõem restabelecer o bem-estar físico e emocional.

Capacitação

Una e Instituto Ânima lançam plataforma de educação continuada para docentes. Estarão disponíveis 14 cursos de curta duração em diversas áreas da educação para professores do ensino básico, superior e de cursos profissionalizantes. Os interessados podem se inscrever a partir do dia 01 de março pelo site nossoinstitutoanima.com.br/cursos/catalogo/

Novidade

Foi aberta ontem, no Center Shopping, mais uma loja do Grupo Bahamas na cidade, porém desta vez em um formato inédito da rede para Uberlândia, com o conceito Empório Bahamas, com mix de produtos premium, voltado para a linha gourmet e importados, não deixando de lado a linha tradicional de produtos de varejo.

Tô Dentro

Maturidade profissional. Muito bom lidar com pessoas que sempre tratam a todos, indistintamente, de forma respeitosa e cordial, agindo de modo transparente e em uma relação bilateral.

Tô Fora

Pessoas “estrelas” que acham que tudo acontece no seu tempo e só respondem mensagens e telefonemas quando lhe interessam. Feio isso. E falta de profissionalismo.

Pimenta Refresco

Poxa, Vida (e Vida com V com letra maiúscula mesmo), quanta lamúria, contradições, imaturidade e equívocos tenho visto sobre esse contexto calamitoso em que vivemos! Tem gente adulta parecendo adolescente, com chororô, birras e vitimismo. A realidade está posta, nem precisa desenhar. E é tudo tão óbvio. Fico pensando nas grandes guerras que o mundo atravessou. Nelas, as pessoas iam para as ruas abrirem seus comércios? Elas se arriscavam por uma festinha correndo o risco de serem fuziladas ou bombardeadas? E, por mais triste que seja, estamos mesmo é em um cenário de guerra. É calamidade. Não dá pra ficar com teorias conspiratórias, percentuais de números de mortes em relação a tamanho da população tentando minimizar o impacto das perdas da pandemia. Mortes são mortes. Se chorou muito por outras tristes tragédias que tiveram muito menos mortos. Será que a morte tem de bater na sua porta para que você pare de lamentar não poder dar um festão de aniversário, ou insistir em abrir um comércio , que vai fazer sim as pessoas aglomerarem ? Valha-me, Deus, poxa Vida! Vamos enfrentar essa tempestade como gente grande, com responsabilidade. Parem de reclamar, de querer aparecer com a tragédia. Transformem o momento em algo bom, em algo positivo, em ajuda para os outros. Somos muito mais do que pequenos momentos que estamos perdendo agora. Somos bem mais do que eventuais prejuízos que possamos ter!

You might also like More from author

Comments are closed.