Empresários acreditam que volume médio de vendas em janeiro será 27% superior se comparado a 2018

110

 

O Natal de 2018 marcou uma recuperação para as vendas no comércio. Na previsão da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) Uberlândia para o mês de janeiro, a estimativa é de que o volume médio de vendas neste período seja 27% superior nessa mesma faixa comparado ao ano anterior.

O levantamento apontou que 74,4% preveem aumento nas vendas no mês vigente. Outros 18,2% afirmaram que o faturamento se manterá no mesmo patamar em relação ao mesmo período de 2018 e 7,4% dos entrevistados acreditam que terão queda.

grafico 1

A previsão mais detalhada é de que o mês de janeiro feche com crescimento de até 5% para 32% dos entrevistados, entre 5% a 10% para 27% dos pesquisados e acima de 10% para 16% dos empresários ouvidos.

Comparando-se o mês de dezembro deste ano com o anterior, 16% dos pesquisados em Uberlândia estão entre os empresários que cresceram entre 5% e 10%.

graf 2

Para colocar em prática as previsões favoráveis, 51% dos empresários entrevistados pretendem fazer promoções típicas de início do ano, como liquidações e queima de estoque.

graf 3

51% dos empresários de Uberlândia registraram aumento nas vendas de Natal

 

Os resultados das vendas do último Natal confirmaram as boas expectativas de grande parte dos comerciantes locais.

De acordo com a pesquisa realizada pela CDL Uberlândia no início de janeiro com empresários da cidade, 51% informaram aumento nas vendas durante o mês de dezembro/18 comparado com mesmo período do ano anterior.

Dessa amostra, 35% indicaram um aumento de 5% a 10% nos resultados, enquanto 34% declararam queda em comparação ao ano anterior e outros 15% mantiveram estáveis.

graf 4

Segundo o levantamento, nem mesmo os gastos em novembro com os descontos da Black Friday impactaram as vendas natalinas, que registraram um aumento de 37% com relação ao mês anterior.

Para os comerciantes varejistas, o saldo foi ainda melhor. 26% dos entrevistados tiveram aumento acima de 10%, ao passo que para 17% apontaram crescimento de 5 a 10%, e outros 15%, crescimento de até 5%, conforme mostra o gráfico abaixo:

graf 5

O crescimento segue a tendência nacional apontada pelos dados da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). O estudo mostra que as consultas para vendas a prazo nos 21 dias anteriores ao Natal, cresceram 2,66% na comparação com o mesmo período de 2017. Este é o segundo ano consecutivo de alta.

Os bons ventos para o mercado são reflexos da retomada da confiança do consumidor e do otimismo do brasileiro em relação ao futuro do país após um período longo de recessão econômica e insegurança jurídica.

graf 6

 

Metodologia:

A pesquisa realizada pela CDL, de 02 a 07 de janeiro, abordou cerca de 200 empresários da cidade de Uberlândia, sendo que 56,8% atuam no setor de Comércio Varejista, 29% são prestadores de serviço, 9,1% pertencem ao segmento de atacado e distribuição e 5,1% da indústria.

 

 

You might also like More from author

Comments are closed.