Eu recomendo: Orquestra de Câmara Sesiminas e pianista Arthur Moreira

16

Em comemoração aos 80 anos da Fiemg, a unidade Regional Vale do Paranaíba promoverá um evento com a participação da Orquestra de Câmara Sesiminas e do pianista Arthur Moreira Lima. O espetáculo, aberto ao público, será realizado no dia 3 de agosto (sábado), às 20h, na Praça Clarimundo Carneiro.

Orquestra

Completando 26 anos de existência, a Orquestra de Câmara Sesiminas foi fundada pelo então presidente do Sistema Fiemg, Dr. Nansen Araújo.
Com o objetivo de garantir o acesso do trabalhador da indústria de Minas e dependentes ao repertório camerístico de qualidade, a Orquestra realiza cerca de 40 apresentações anuais em múltiplos espaços que vão desde galpões de indústria, passando por hospitais e escolas, chegando às melhores salas de concertos da capital e do interior.
Nomes como Nelson Freire, Antônio Menezes e Duo Assad tocaram na orquestra, que já realizou diversos concursos de composições, com a finalidade de desenvolver a atividade artística na capital e no interior do estado.

 

Apresentação do pianista Arthur Moreira Lima

O idealizador do projeto Um Piano pela Estrada, Arthur Moreira Lima, que é pianista, produtor, empresário e artista, procura levar todo o aparato musical e os parceiros desta iniciativa em um caminhão teatro de 45m², com o intuito de democratizar o trabalho musical e conquistar adeptos da arte.
O projeto segue um padrão, do qual é realizado um concerto com cerca de 1h30 de duração. No repertório, o pianista mescla música clássica universal a clássicos da MPB, interpretando Bach, Beethoven, Chopin, Mozart e Villa-Lobos; e os intercala com músicas populares que se tornaram clássicos. É assim que entram Pixinguinha, Ernesto Nazareth, Luiz Gonzaga e, da Argentina, Astor Piazzolla – de quem Moreira Lima fez a primeira transcrição para o piano.

Serviço:

Concerto em comemoração aos 80 anos da Fiemg
Data: 3 de agosto
Horário: 20h
Local: Praça Clarimundo Carneiro
Evento gratuito

Divulgação: Serifa Comunicação Integrada

 

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta