Exposição “aCORde para sonhar” prorroga o prazo e fica até dia 22 de janeiro no Uberlândia Shopping

147

 

 

Agora os amantes das artes terão mais uns dias para aproveitar a exposição do artista visual Jeronimo Sanz. “aCORde para sonhar” teve sua data prorrogada até o dia 22 de janeiro. A exposição está em cartaz no segundo piso do Uberlândia Shopping, em frente à loja Riachuelo. Jeronimo trouxe a Uberlândia à mistura entre fotografia, colagem e pintura digital.

Uberlândia está recebendo a segunda exposição individual do paulistano, que traz uma viagem sensorial convidando o público a entrar em um mundo de cores, através das lentes de um sonhador. Sanz é poeta, fotógrafo, escritor e compositor. Com isso, trouxe uma exposição sensorial de forma muito sutil, pois cada imagem possui abertura suficiente para o espectador interpretar e colocar-se no foco central do que está sendo visto.

Além disso, para que a imersão seja completa, cada obra é composta por um QR Code ao lado, quem se interessar pode ler uma poesia escrita pelo artista que compõe aquela arte.

A esposa, Daniela Karg, está presente em muitas telas do artista e foi quem o auxiliou no nome da exposição. “Achamos que o título é um resumo que condensa bem o que as pessoas irão encontrar: acordar para sonhar, estar de olhos abertos e ver o que cada imagem pode evocar nos sonhos e imaginação de cada observador”, finaliza Jeronimo.

Sobre Jeronimo Sanz

O artista visual nasceu em São Paulo e hoje transita entre linguagens poéticas como fotógrafo, escritor e compositor. Construiu sua carreira de forma natural e desde criança esteve envolvido com a criação. Começou a fazer histórias em quadrinhos, criando os próprios personagens. Chegou a fazer centenas de histórias durante sua infância. Após isso, passou a escrever poesias, compor canções e entrou para o universo da fotografia e da arte visual.

Serviço:

Exposição “aCORde para sonhar”

Data: até o dia 22 de janeiro

Local: Uberlândia Shopping – segundo piso, em frente à loja Riachuelo

Entrada franca

You might also like More from author

Comments are closed.