Gêmeas de Ivete Sangalo nascem em Salvador

273

As meninas nasceram por volta das 4h30 deste sábado (10) e têm cerca de 3 kg cada uma. As meninas se chamam Marina e Helena.

As gêmeas da cantora Ivete Sangalo nasceram na manhã deste sábado (10), em Salvador. A informação foi confirmada pela assessoria da cantora por volta das 6h15 (horário local). As meninas se chamam Marina e Helena.

Ainda de acordo com a assessoria de Ivete, o parto foi cesárea. Segundo o irmão da cantora, Ricardo Sangalo, o parto estava marcado para 22 de fevereiro, mas, por volta da 0h deste sábado, a cantora começou a sentir contrações. Por isso, os médicos recomendaram que ela seguisse para o hospital.

Helena nasceu às 5h21, e Marina, às 5h24. Elas têm cerca de 3 kg cada e não precisaram de incubadora. O parto foi feito no Hospital Aliança, no Rio Vermelho.

É incrível essa coincidência [de nascerem no carnaval], mas as meninas nasceram porque elas nascem na hora que querem. As contrações são justamente depois que elas querem nascer e aí começa. E foi um coincidência muito feliz. Ivete estava tão feliz que ela postou um vídeo nas redes sociais, a gente dançando dentro do quarto, foi uma farra…”, disse Ricardo, no hospital.

De acordo com o empresário da cantora, Fábio Almeida, Ivete está bem. Além de Ricardo Sangalo, o seu marido, Daniel Cady, e sua irmã, Cynthia, estão com ela na maternidade. O filho mais velho da cantora, Marcelinho, também chegou ao hospital na manhã deste sábado.

A mãe está feliz da vida. Marcelo está junto com ela, também feliz da vida, querendo ajudar, querendo cuidar das irmãs. Tá um barato aí dentro, tá muito legal”, disse Ricardo.

‘Maior carnaval da vida’

Na madrugada deste sábado, Ivete postou um vídeo no Instagram anunciando que estava na maternidade. “E é com muita alegria que a mamãe mais feliz do mundo vai fazer o maior carnaval da sua vida na maternidade!!! Orem por nós! Deus comigo sempre. Amo vcs!”, disse a cantora na legenda do post.

Fonte – G1

You might also like More from author

Comments are closed.