Hospital do Câncer em Uberlândia comemora 18 anos com lançamento da campanha ‘Compartilhe Vida’

48

 

Nova ação conta com camisetas, canecas e bonés exclusivos para angariar recursos para a instituição

No último dia 8 de abril, Dia Mundial de Combate ao Câncer, o Hospital do Câncer em Uberlândia comemorou 18 anos. São quase duas décadas de trabalho na luta contra o câncer, oferecendo um tratamento de qualidade e 100% gratuito. Por meio das ações do Grupo Luta Pela Vida o Hospital do Câncer tornou-se referência no tratamento do câncer no interior de Minas, com corpo clínico e estrutura física especializados. Desde sua inauguração já foram realizadas mais de um milhão de consultas e atualmente são atendidos mais de 7.500 pacientes, vindos de Uberlândia e mais de 80 cidades da região. Além do tratamento clínico da doença, baseado em um atendimento humanizado, proporcionado principalmente pelos 500 voluntários que atuam na instituição, os pacientes e acompanhantes também recebem apoio psicossocial. Com uma história de tantos desafios vencidos em prol da vida, a celebração dos 18 anos ganhou uma ação especial, com a campanha “Compartilhe Vida”.

O conceito da campanha busca ressaltar o grande objetivo de assistência do Grupo Luta Pela Vida e do Hospital do Câncer: salvar vidas e oferecer o melhor tratamento na luta contra o câncer. Na campanha, este objetivo foi traduzido em um coração azul estilizado com a palavra vida, principal estampa dos produtos.  A coleção conta com camisetas, canecas, bonés, cadernos e chaveiros que visam arrecadar recursos para manter e ampliar a instituição de saúde. Quem contribuir com a campanha, levará para casa os produtos, que além de decorativos, são uma lembrança da ação solidária. As camisetas e canecas possuem o valor de R$ 30,00; para quem quiser adquirir o caderno personalizado, a contribuição a ser feita dever ser de R$ 25,00; quem quer se proteger do sol e ainda ajudar o Hospital, com R$ 15,00 poderá adquirir o boné da campanha e para levar o chaveiro para casa a contribuição é de R$ 10,00.

Como parte da estratégia de divulgação da ação, a campanha ganhou dois apoiadores importantes: a jornalista Mônica Cunha, que é voluntária do Grupo Luta Pela Vida e que há anos apoia a ONG em ações em prol do Hospital, e de Gustavo Carneiro, atualmente paratleta que encontrou no esporte e na persistência o caminho para encarar a amputação de uma perna após o diagnóstico do câncer. Eles gravaram um vídeo falando da campanha, que convida o público a fazer sua doação e adquirir os produtos. A jornalista Mônica Cunha conta da alegria que sentiu ao ser convidada para participar da campanha. “Eu fiquei emocionada. Eu sou uma super apoiadora do Hospital e sempre que me convidam é uma alegria poder colaborar. Eu conheço de perto o trabalho sério e transparente realizado em prol dos pacientes, por isso fico feliz em participar”, conta.

Para a supervisora de marketing do Grupo Luta Pela Vida, Virgínia Silva, a campanha visa ser uma comemoração diferente do aniversário e uma oportunidade de contribuir com a causa. “O Hospital do Câncer nasceu da solidariedade da população e nós sentimos orgulho em poder comemorar 18 anos de muitas conquistas em prol dos pacientes com a campanha ‘Compartilhe Vida’. Além disso, a campanha também é outra forma para que as pessoas possam continuar ajudando o Hospital e ainda por cima terem produtos que são uma lembrança da ação solidária em prol de quem precisa”, afirma.

Os produtos poderão ser adquiridos em ações itinerantes e também na loja do Hospital do Câncer, que fica localizada no saguão da instituição, na Avenida Amazonas, 1996, no Umuarama, de segunda à sexta, em horário comercial. A primeira parada da campanha será no Pratic Shopping, no Terminal Central. Um quiosque especial ficará no espaço de 11 a 14 de abril, das 8h às 20h para que o público possa participar.

Comemoração e novos desafios

Além de celebrar os 18 anos de trabalho do Hospital do Câncer, a campanha “Compartilhe Vida” também tem o objetivo de informar e angariar recursos para as novas obras de ampliação do Hospital, que vão ajudar a melhorar o tratamento oferecido. Entre as frentes que necessitam de recursos estão à construção do Centro Cirúrgico; Centro de Transplante de Medula Óssea; a ampliação da radioterapia, com a aquisição do terceiro acelerador linear da instituição e da ampliação da ala de quimioterapia.

Renato Pereira, presidente do Grupo Luta Pela Vida, conta que os 18 anos de trabalho completados demonstram como a solidariedade pode mudar a realidade da luta contra o câncer e que ainda há muito que fazer. “Vemos que durante todos esses anos de trabalho contamos com a ajuda da população e de empresas e que alcançamos importantes melhorias, mas que elas podem ser ainda maiores com as obras de ampliação que estamos realizando e que mais uma vez contaremos com o apoio da sociedade”, informa Renato.

You might also like More from author

Comments are closed.