Nutricionista dá dicas para evitar exageros em festas de fim de ano

27

Com a chegada das festividades de fim de ano, logo associamos as comemorações a mesas fartas de comidas e muita bebida. Algumas pessoas não conseguem resistir a essas tentações e acabam extrapolando um pouco. No dia seguinte, bate aquele arrependimento ou, às vezes, até o mal estar por ter passado do limite. Sobretudo para pacientes que realizaram bariátrica – cirurgia de redução de estômago – os cuidados devem ser redobrados.

“O grande problema é que as pessoas associam a data a muita comida, sendo que, na verdade, esta data significa muito mais que isso. É momento de confraternizar e estar entre amigos e familiares”, explica o psicólogo Gustavo Finotti Moreira, que sugere, dias antes, a pessoa internalizar a ideia de que a comida é segundo plano, o momento é para curtir a família, amigos e os reencontros.

Além disso, existem formas de fugir ou minimizar as comidas mais gordurosas, como explica a nutricionista Aline Cunha Carvalho. “Existem diversas receitas saborosas que levam ingredientes mais leves e que podem ser servidas nas comemorações”, ressalta. Aline comenta que durante o dia, o ideal, é que a pessoa se alimente de 3 em 3 horas para que à noite, no momento da ceia, ela não esteja com fome e não coma demais. “Essa é uma ótima estratégia para ter o controle da quantidade de comida que vai comer, pois a pessoa já estará razoavelmente satisfeita”, detalha.

Nas festividades, o prato principal costuma ser carne ou frango. Para acompanhar, a nutricionista indica alimentos que colaborem com o equilíbrio do corpo. “As castanhas e nozes são boas fontes de gorduras e podem ser adicionadas em algumas preparações que incluem saladas e arroz. Além disso, de preferência ao Azeite de oliva nas preparações dos alimentos, pois ele auxilia na melhora dos níveis de colesterol no corpo”, saliente.

A nutricionista ainda lembra que nas confraternizações de fim de ano, a ceia costuma ser acompanhada de salada com diversas verduras e legumes, o que pode ser uma alternativa para as pessoas manterem o controle com as demais opções de comida. “Para as pessoas que fizeram bariátrica, o ideal é que elas consumam a proteína associada a uma salada. Isso já dará uma sensação de saciedade”, explica Aline. Além disso, se após o almoço ou janta, der aquela vontade de comer um doce, a nutricionista indica optar por frutas e frutas desidratadas.

Para as pessoas que não resistirem em tomar uma cerveja, um vinho ou drink, Aline ressalta a importância da hidratação para minimizar os efeitos que o álcool pode trazer. “Combine sempre um copo da sua bebida com um de água, isto já vai ajudar a manter o corpo hidratado. Mas, caso tenha exagerado um pouco, no dia seguinte, a hidratação precisa ser recompensada. Beba muita água ou água de coco e prefira alimentos mais leves”, detalha.

 

You might also like More from author

Comments are closed.