Pesquisa da CDL aponta que 53,7% das pessoas ainda preferem ir à loja física para comprar os presentes

135
A maioria dos entrevistados (35,8%) gastará de R$ 51,00 até R$ 100,00

O dia dos namorados é uma data para apostar na comercialização de produtos e serviços. Para saber a expectativa de vendas dos empresários e de compra dos consumidores para essa data, a CDL Uberlândia realizou entre o dia 18 a 27 de maio uma pesquisa de mercado com esses dois públicos.

A pesquisa mostrou que 95,5% das pessoas entrevistadas pretendem presentear neste Dia dos Namorados e que 53,7% dos consumidores ainda preferem ir à loja física para comprar os presentes, 28,4% irão preferir comprar online e com a entrega delivery. Já o e-commerce terá a preferência de 14,9% dos entrevistados e 3% comprarão de outros meios.

A maioria (25,4%) disse que vai presentear com peças de vestuário, 22,4% farão um jantar em casa, 19,4% comprarão perfumes, 11,9% sapatos, 7,5% flores, 6% joias, semijoias ou acessórios, 3% eletrônicos ou eletrodomésticos e 4,4% irão surpreender com a escolha de outros
produtos para a data.Sobre investimentos, 7,5% dos entrevistados disseram que não economizarão na quantia para agradar a pessoa que ama e irão investir acima de R$ 500,00 para presentear. Já 10,4% irão gastar de R$ 201,00 até R$ 500,00; 29,9% de R$ 101,00 até R$200,00. A grande maioria dos entrevistados, 35,8% do total, gastará de R$ 51,00 até R$ 100,00 e apenas 16,4% irão investir até R$ 50,00.

E-commerce

A pesquisa com os consumidores nos mostra que alguns hábitos de consumo continuarão para o ano de 2020, mudando apenas o canal de comunicação que será usado como determinante na decisão de compra. Neste sentido, 26,9% dos consumidores utilizarão o WhatsApp, 25,4% utilizarão o site oficial, 23,9% o Instagram, 4,5% o telefone de contato, 2,9% o Facebook e 16,4% irão manter o hábito de ir à loja para adquirir o presente para o dia dos namorados em 2020.

Estratégia de vendasComo uma nova estratégia para não perder vendas, 67,2% dos empresários pretendem adotar a entrega em domicílio como uma forma de aproveitar melhor a data comemorativa. Outros 32,8% pretendem continuar as vendas de forma tradicional, sem adotar essa estratégia de venda.

Quando perguntados sobre as vendas com entrega condicional, para 75% dos entrevistados não é uma boa opção. Apenas 25% dos empresários vão atuar dessa forma. Em relação as vendas nesse cenário adverso, 48,4% dos empresários estão esperançosos em aumentar as vendas, 12,5% acreditam que as vendas se manterão no mesmo patamar, 21,9% esperam uma diminuição nas vendas e 17,2% estão sem nenhuma expectativa quanto a data comemorativa.

Descontos para atrair

Os empresários acreditam que oferecer descontos e promoções atraem os consumidores. 76,6% dos empresários pretendem realizar promoções e descontos. Já o restante (23,4%) não dará desconto. Outros 56,3% dos empresários irão oferecer kits ou combos personalizados para atrair clientes, enquanto 43,7% não farão este tipo de ação. Para 76,8% das empresas entre os produtos com mais saída e melhor vendas são roupas, calçados, bolsas e acessórios, já 5,4% acreditam nas vendas de joias e semijoias.

Diante das dificuldades no momento atual com a crise gerada pela COVID-19, uma nova oportunidade surge: a utilização da internet que tende a aumentar as vendas, aproximar o cliente e divulgar os produtos. A maioria dos empresários (87,5%) concorda que aumentar suas divulgações nas redes sociais é determinante para que a empresa se mantenha em destaque no mercado. Outros 12,5% não acreditam que atuação online faz diferença nas vendas.

Vantagens oferecidas

Sobre as vantagens oferecidas pelas empresas ao consumidor, 68,66% dos entrevistados classificaram o frete grátis como nota 5 e 8,96% classificaram como nota 1. Os descontos e promoções agradam o público da mesma forma e mantém os 68,66% como nota 5 e 5,97% como nota 1. O atendimento online obteve nota 5 de 49,25% dos entrevistados e nota 1 de 11,94%. A elaboração de kits e pacotes personalizados receberam nota 5 de 44,78% e nota 1 de 14,93% dos entrevistados.

A entrega a domicílio será um grande fator para convencer o consumidor a escolher um determinado produto ou serviço ao receber nota 5 de 67,16% e nota 1 de 8,96%. A CDL Uberlândia enviou kit contendo cartazes e móbiles para decoração das empresas que comercializam produtos e serviços cobiçados pelos namorados, e a pesquisa aponta que 50% dos empresários pretendem decorar seu estabelecimento mesmo com escalonamento semanal de funcionamento, como uma forma de atrair mais consumidores.

As informações recebidas foram enviadas para empresários com atuação em toda a cidade de Uberlândia-MG, sendo a maioria atuantes na região central com 48,4%, seguido de 21,9% na zona leste, 10,9% na zona sul, 9,4% na zona norte e 9,4% na zona oeste. O segmento desses empresários corresponde a 87,5% de comércio, 7,8% de serviços em geral e 4,7% de outros segmentos.

You might also like More from author

Comments are closed.