Pimenta Refresco 

30

incrível como o homem moderno está se apaixonando pela ilusão de si mesmo. Em tempos virtuais, a pessoa perde o divertimento, mas não perde a pose da selfie. E chega a ser engraçado como, em algumas ocasiões, pessoas são vistas em determinado lugar de modo apático e isolado e, na internet, a imagem repassada é que há euforia e confraternização. Penso que as pessoas transformaram as redes sociais em um grande espelho, onde desenham o que queriam ver delas próprias e tentam vender essa imagem aos internautas. Vale tudo para transmitir virtualmente uma ideia de felicidade. E de que ela depende de prazeres, como lugares badalados, comidas sofisticadas, festas disputadas, amigos populares e outros “desejos” de consumo que se tornaram facilmente realizáveis ao toque da tecla “enter”. Mesmo que todos vejam a pessoa no mundo real exatamente como ela é. Mas a ilusão que se cria é tão grande que ela própria passa a não ter distinção do que é real ou virtual.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários estão fechados.