Pimenta Refresco 

450

Pimenta refresco
Não é por nada não, mas tem hora que dá pra coro com as pessoas que chamam Uberlandia de “roça grande “.Pelo menos nas relações comerciais e de negócios, impera um certo provincianismo e ainda há muito pra evoluir. Um exemplo claro disso é como algumas pessoas estratégicas para as empresas são “inacessíveis”, às vezes involuntariamente, pois aqueles que a cercam criam uma redoma como se fosse quase impossível falar com elas. Se há uma coisa deselegante é quando alguém atende um telefonema e quer saber de onde a pessoa do outro lado está falando, do que se trata o assunto e ainda pede riqueza de detalhes. Muitas vezes o assunto pode ser interessante para quem está sendo procurado. É feio e mal educado o outro querer “filtrar” tudo, selecionar quem pode ou não pode falar e ainda desejar saber do assunto que será tratado. Isso, ao contrário do almejado, é amadorismo. Profissionalismo é comunicar que alguém deseja falar com o outro. E também é deselegante perguntar de onde é, como se o local de origem da chamada tivesse alguma importância para o conteúdo da conversa que se pretende. Além de equivocado. Muitas vezes quem ligou é um profissional liberal, reconhecido por sua pessoa física e não jurídica. Além do fato que empresa não é sobrenome de ninguém. É caipira pensar que um telefonema é importante por que vem as empresa X ou da empresa Y. Quando se pergunta de onde falam, a pessoa pode simplesmente responder, “da rua”, “da minha casa”, “de debaixo da escada”. Acho que estão faltando aulas de etiqueta para alguns secretários e assessores.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários estão fechados.