Pimenta Refresco

195

Se tem uma coisa que estraga o mundo é a tal da cópia mal feita… O pior é que o mundo está cheio delas… Tem gente que chega de mansinho, faz um marketing pessoal no capricho, mas não mostra a que veio. Saudades dos tempos em que podíamos admirar o trabalho das pessoas sem ter essa sensação do mal feito, daquela coisa meia boca de um trabalho que existe mais em função daquela pessoa se situar no mundo do que para realmente atender aos anseios das pessoas que esperam algo bom do seu trabalho. Gente, numa boa, tem muita gente sem originalidade, que nem sabe se expressar direito e conquista um espaço onde sequer sabe aproveitá-lo. E pensar que há tanta gente talentosa que poderia estar fazendo coisas boas nesse lugar. Mas, enfim, o fato é que as pessoas se apropriam de verdade de ideias alheias, dando apenas uma maquiada, e as vendendo como se fossem suas. . Bom, eu respeito aqueles se impõem no contexto por que têm talento e demonstram isso. Agora, realmente não consigo entender aqueles que bradam contra o universo, como se fossem estrelas consagradas e quando mostram serviço, o que se vê? Nada! Um vazio enorme, de propostas, de criatividade, de conteúdos… Já não está na hora de haver uma triagem dos profissionais que atuam por aí ? Digo isso como consumidora e também por conhecer a opinião de um sem número de outros consumidores. A conclusão é sempre a mesma: há bons profissionais na cidade, alguns com espaço e outros sem, mas há em maior número profissionais sem competência ou talento para ocuparem alguns espaços importantes. Está dito. Espero que não vistam a carapuça aqueles que são realmente bons (estes sabem de si e geralmente não alardeiam suas qualidades, como se quisessem e precisassem convencer as pessoas que são bons e tampouco saem atacando as pessoas por não terem coisas boas a dizer). Agora, aqueles que se sentirem incomodados por essa postagem, daí, sinto muito, a carapuça tá servindo… melhor refletir sobre o que estão fazendo, onde estão e, principalmente, para onde vão, pois, o tempo é o senhor da razão, mais cedo o mais tarde eles faz cair as máscaras. Ou o mercado percebe suas limitações e os fazem dançar noutra freguesia. Anseio por este momento!

You might also like More from author

Comments are closed.