Pimenta refresco

129

Talvez uma das coisas mais dignificantes que existam é a pessoa assumir seus erros e procurar corrigi-los da melhor maneira possível, algo cada vez mais raro. Essa semana soube de duas situações extremas, uma boa e uma ruim. A boa foi saber de alguém que reconheceu sua postura injusta diante de outra pessoa no passado, para a qual na época bradou calúnias, se desculpando e reaproximando da pessoa de forma bastante humilde. Parabéns por isso. A ruim foi alguém que erra com todo mundo, tem sérios problemas de relacionamento que só não percebe quem está do seu lado no dia-a-dia, acha que tudo acontece no tempo dela e do jeito dela, desrespeitando as pessoas com as quais convive profissionalmente, e, mesmo com um erro grave exposto e com todas as evidências que ela cometeu um grande deslize, ainda tentou transferir para terceiros a responsabilidade pelo seu erro. É péssimo isso. Todo mundo vê o quanto a pessoa tem de arrogância, menos aqueles para os quais ela vende uma imagem (falsa) de grande competência. Ruim para todos, pois os problemas não se resolvem, ficam apenas mascarados. E as oportunidades desaparecem, pois muitos de distanciam. Esse tipo de dissimulação só impede as coisas de acontecerem como deveriam. Muito ruim isso!

You might also like More from author

Comments are closed.