Pimenta Refresco

143

Em pleno século 21 ainda existem pessoas que não sabem o que é assessoria. Até aí tudo bem , quando você não é da área e até perdoável não entender do assunto , mas quando a pessoa se intitula profissional da área , aí é inadmissível . Começam a chamar de falcatrua , o que é um trabalho profissional.É natural e recomendável que pessoas comprometidas com a qualidade sejam assessoradas por profissionais competentes à altura deste comprometimento. Melhor que se achar pronto em um mundinho egoísta onde considere não precisar de ninguém e sequer imagina que os melhores trabalhos são resultados de esforço coletivo. Mas, é demais querer que pessoas assim consigam compreender que o universo está além de seu umbigo. Os que ficam disseminando boatos e trabalhando mais contra os outros do que em benefício próprio deveriam gastar energia em tentar disfarçar a sua própria incompetência e perceberem que precisam de assessores, de revisores, de conselheiros até, pra tentar abrir os olhos da cegueira que lhe aflige. E o pior é que procuram defeitos nas mesmas pessoas que, no fundo, têm como referência, ainda que inconscientemente, pois copiam o formato do trabalho daquele que é alvo de suas “críticas”. E, como se não bastasse essa ausência de qualidade, ainda “encostam” em pessoas que pensa ser influente e junto delas busca nada mais do que acesso gratuito, a qualquer coisa que possa lhe fazer “sentir bem” e aceito, sem nenhum crivo seletivo. Procuro ter tolerância com a falta de visão e a superficialidade de certas pessoas. Mas, me dá muita preguiça a limitação intelectual de alguns. Portanto, é bom que tais pessoas estudem um pouco mais, saibam não somente sobre o mundo mas sobre ética e bom comportamento. Se for preciso, que recorram a assessores de todas as áreas. E saíam desse bolha egocêntrica que os faz pensar insubstituíveis e enxergar quem tem competência como uma ameaça. Sugiro também que deixem de usar seu tempo e espaço para denegrir pessoas sérias e trabalhem em prol da empresa para a qual deveria trabalhar ao invés de usá-la como ferramenta para o seu bel prazer .

You might also like More from author

Comments are closed.