Pimenta refresco

72

Pimenta RefrescoToda pessoa hoje na idade adulta lembra que já foi jovem um dia e também do sentimento, até bonito, que a juventude é eterna. Mas há lembranças também, e isso é uma questão de berço, da relação respeitosa que se tinha com as pessoas um pouco mais velhas e, principalmente, com aquelas muito mais velhas. Recentemente, em um evento social, presenciei uma cena lastimável. Uma jovem patricinha fazia escárnio de senhoras da sociedade que se esbaldavam de alegria na pista de dança. A jovem proferiu palavras ofensivas, considerando ridícula a postura das outras. De que mundo essa guria veio? Será que ela pensa que depois dos 40 as mulheres devem ficar em casa fazendo tricô? E que a alegria, o prazer e a dança são privilégios apenas dos que estão na faixa dos 20 anos? Não teve orientação de seus pais que a vida prossegue pulsante até o seu fim e que vivê-la com intensidade rejuvenesce a pele e revigora a alma? Se pararmos para pensar, naquele momento, houve uma inversão de valores, aquela jovem é que é uma velha alimentando seus recalques e as pessoas de meia-idade que ela criticava é que estão se sentindo cada vez mais jovens e felizes. Que jovens como ela, tomara Deus que sejam poucos, aprendam: como o amor, a alegria não tem idade.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários estão fechados.