Pimenta refresco

19

Pimenta RefrescoGente, depois do advento da internet, todo mundo se acha. Qualquer acontecimento vira motivo para um brado retumbante no território virtual. Me poupem! Cansa ver tanta gente se sentindo dono da razão e impondo seus pontos de vista. Parece que os avanços tecnológicos, para algumas pessoas, vieram pra dizer: divirta-se, você é o dono da razão. E o pior ainda é quando essa postura se torna uma prática também no mundo real.

Um exemplo disso é como dezenas de luzinhas se acendem para filmar ou fotografar espetáculos, mesmo a proibição sendo avisada antes. Como na quinta-feira (23), durante o show em homenagem a Clara Nunes, no Teatro Municipal, quando um senhor começou a discutir com o ocupante da cadeira vizinha, que pediu que o espectador desligasse o aparelho, pois estava atrapalhando a plateia. Em outra poltrona, uma jovem reagiu à advertência da funcionária do teatro que pediu que ela não fotografasse, ainda mais usando aquele flash. A garota chegou a se levantar, com as mãos na cintura, e dizer que tinha sim o direito de fotografar, filmar e fazer o que ela bem entendesse.

Isso é postura que se tenha durante um espetáculo? As pessoas parecem ter perdido o senso de limite. A internet surgiu como um grande Narciso, para alimentar o egocentrismo das pessoas, que acabam perdendo a compostura, deselegantemente, e acham que estão sendo finas na “defesa” de seus direitos. Haja paciência!

você pode gostar também Mais do autor

Comentários estão fechados.