Pimenta Refresco

67

Pimenta RefrescoColoquei no início da coluna um fragmento do texto de Mário de Andrade, “O valioso tempo dos maduros”, do qual gosto muito. Ele me faz refletir sobre o quanto de superficial existe na vida. E como a maturidade nos faz ter uma visão mais clara do mundo. E me faz também enxergar a imaturidade de muita gente. Gente que se acha a última bolacha do pacote, que se vê com superioridade em relação ao resto do planeta e que olha com desdém para os diferentes, para os mais pobres, para os “deselegantes”. Acordem, a vida não é uma caixinha de boas surpresas, mas também não é uma caixa de pandora.

Para viver bem e melhor, basta buscar por si mesmo. E buscar nos outros não o status social, mas os valores que eles têm, pois todos têm valor. Parem de ficar na superfície, suspirando pelas coisas sofisticadas que muitos nem gostam ou não podem pagar, simplesmente pelo fato de acharem chic. Não que tudo isso seja ruim, mas há muito sofrimento no mundo, há muita fome e há muita gente lutando por coisas verdadeiras e não por essa materialidade. O verdadeiro glamour consiste em aproveitar as belezas do mundo com muita simplicidade. E desejar que elas estejam ao alcance de todos.

You might also like More from author

Comments are closed.