“Políticas públicas para o desenvolvimento do município e do varejo” serão discutidas na CDL Uberlândia

739

 

Palestra é aberta ao público; inscrições podem ser feitas pelo site www.cdludi.org.br   

Depois de uma mobilização Nacional em 17 estados das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Minas Gerais (FCDL-MG), realizada com lideranças do varejo em 2017, chega o momento de realizar desdobramentos com os líderes regionais e locais, agentes políticos e lideranças empresariais. A palestra com tema “Políticas públicas para o desenvolvimento do município e do varejo”, será realizado na CDL Uberlândia no dia 25 de julho, às 7h45. O evento é uma parceria da CDL Uberlândia, a FCDL-MG e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). O tema será discutido pelo presidente do Observatório Social do Brasil (OSB), Ney Ribas e pelo consultor especialista em políticas públicas, Marcos Lima. Na oportunidade, presidentes de 20 CDLs de Minas da Região Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba estarão presentes.

Ney Ribas fará uma apresentação sobre o que é um Observatório Social, como funciona e quais as metodologias utilizadas. “Os observatórios sociais chancelados pelo Sistema OSB já estão presentes em 135 cidades de 16 estados brasileiros. São mais de 3.500 voluntários trabalhando pela causa da justiça social nos Observatórios Sociais pelo Brasil afora. Estimamos que nos últimos quatro anos, com a contribuição desses voluntários, houve uma economia de mais de R$ 3 bilhões para os cofres municipais. E a cada ano mais de R$ 500 milhões do dinheiro público deixam de ser gastos desnecessariamente. O mais importante não são os números, mas a nova cultura da participação do cidadão de olho no dinheiro público que está se formando”, enfatiza.

Uberlândia é uma das 135 cidades que possui o Observatório Social de Uberlândia. Ele atua como pessoa jurídica valorizando o trabalho técnico e fazendo uso de uma metodologia de monitoramento das contas públicas em nível municipal. A monitoria vai desde a publicação de edital de licitação, por exemplo, até o acompanhamento da entrega do produto ou serviço, de modo a agir preventivamente no controle social dos gastos públicos. A formação do observatório, como parte da rede OSB, é uma iniciativa do G7, formado pela Associação Comercial e Industrial de Uberlândia (Aciub), Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), Conselho dos Veneráveis do Triângulo, Fiemg, Regional Vale Paranaíba, Ordem dos Advogados do Brasil, 13ª Subseção Uberlândia, Sindicato Rural de Uberlândia e Sociedade Médica de Uberlândia.

Segundo o Marcos Lima, o objetivo do encontro é disseminar e internalizar o impacto de uma efetiva agenda de políticas públicas que esteja sintonizada com a realidade local, e que seja ferramenta para promoção das transformações positivas nos setores de comércio e serviço, bem como da sociedade que acolhe o setor. “Para o desenvolvimento setorial e territorial, é preciso haver mobilização de lideranças materializadas em um conjunto de ações que devem ser desenvolvidas pelo poder público municipal, estadual ou pela união e que devam ser parceiradas com lideranças políticas comunitárias e empresariais, de forma a garantir condições de vida à população”, afirma.

Por ser um tema amplo, também serão discutidos os diversos tipos de políticas públicas setoriais, como saúde, educação, segurança pública, transporte, meio ambiente, agronegócio e indústria, com maior ênfase nas políticas para o varejo. Outro ponto a ser explanado será o ciclo das políticas públicas como processo que deve considerar articulação dos atores públicos ou privados. “Essas pessoas possuem um poder nas mãos que muitas vezes não sabem que têm e podem fazer com que haja transformação da realidade social e econômica do setor, considerando o atual contexto do Brasil no âmbito político, econômico, social, suas limitações, oportunidades, problemas e que podem ser exploradas pelas lideranças do varejo”.

A palestra também focará nas dificuldades e facilidades de implementar políticas públicas setoriais no Brasil, a necessidade de um modelo de governança que permita o monitoramento, e acompanhamento dos avanços conquistados, através de metodologia de domínio do Instituto de Avaliação e Gestão (IAG), consultoria contratada pela FCDL/MG para realizar palestra e capacitar as lideranças sobre essa agenda de políticas públicas em Minas.

PALESTRA
Data: 25/07/2018
Horário: 7h45 às 10h
Local: Na CDL Uberlândia – Av. Belo Horizonte, 1290 – Osvaldo Rezende.
Inscrições www.cdludi.org.br
Evento gratuito

You might also like More from author

Comments are closed.