Quimioterapia oral é tema de simpósio em Uberlândia

63

simpósio

No início do ano, as operadoras de saúde incluíram a cobertura da quimioterapia oral para pacientes em tratamento contra o câncer. A mudança feita pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) era uma demanda antiga dos médicos e representou grande avanço na época de aprovação. O assunto também é tema da VI edição do Simpósio de Farmacêuticos Oncológicos e da V edição do Simpósio de Enfermagem Oncológica, que será realizado pelo COT – Centro Oncológico do Triângulo neste sábado (23), na Unialgar, em Uberlândia.

Segundo a coordenadora da Assistência do COT e uma das responsáveis pela organização do Simpósio, Jussaine Alves, a quimioterapia oral vem agregar valor a tratamentos inovadores contra o câncer. “A medicação oral contribui para a melhora da qualidade de vida dos pacientes. Entretanto, apresenta toxicidades semelhantes à terapia endovenosa. Estudos relacionados à quimioterapia oral informam que 53% dos pacientes têm dificuldades de adesão ao tratamento. Por isso, é necessário cuidados de instrução a família e ao paciente quanto à administração dos comprimidos, armazenamento e adesão. Depois da determinação da ANS, planos de saúde passaram a receber 37 drogas orais indicadas para o tratamento de 56 tipos de câncer”, disse Jussaine.

Além da discussão sobre drogas orais para o tratamento do câncer, o evento traz como tema principal a “Inovação e Pesquisa no Cuidado Integral ao Paciente Oncológico: Em Busca da Excelência”. O simpósio é gratuito e destinados aos interessados em obter mais informações da área oncológica.

Serviço
VI Simpósio de Farmacêuticos Oncológicos e V Simpósio de Enfermagem Oncológica
Data: 25 de outubro de 2014
Horário: 8h às 17h
Local: Unialgar (Av. Floriano Peixoto, 6495 – Alto Umuarama)
Confira a programação completa pelo site: www.simposiocot.com.br

você pode gostar também Mais do autor

Comentários estão fechados.