Recém-chegada à Uberlândia, Casa Thomas Jefferson oferece curso de inglês gratuito para jovens de baixa renda

10

 

 O projeto é de cunho social e tem o objetivo de dar oportunidade para jovens carentes

 

A Casa Thomas Jefferson, o Centro Binacional Brasil-Estados Unidos de Brasília, abre suas portas em Uberlândia no primeiro semestre de 2018, oferecendo a alunos de escolas públicas em situação econômica desfavorecida um curso de dois anos gratuito em parceria com a Embaixada dos Estados Unidos e a Secretaria Estadual de Educação.

O projeto está sendo desenvolvido em quatro escolas da cidade, escolhidas pela superintendência regional da Educação. Ao todo, serão selecionados 20 alunos, de 1º e 2º ano do Ensino Médio, para fazerem parte do projeto e mais 10 para cadastro reserva.

O Programa English Access foi criado pelo Departamento de Estado Americano e já vem sendo desenvolvido em vários lugares do mundo há mais de dez anos. O objetivo do programa é tornar o estudo de inglês mais acessível a adolescentes economicamente desfavorecidos. Enquanto aprendem inglês, esses adolescentes também aprendem sobre a cultura estadunidense e desenvolvem uma compreensão de questões atuais na sociedade dos EUA, ampliando seus horizontes e seu conhecimento de sua própria cultura brasileira.

Um bom conhecimento de inglês abre portas para as oportunidades que esses jovens nunca teriam de outra forma, como trabalhar para empresas multinacionais e até mesmo participar dos cursos de graduação e pós-graduação nos EUA. Além disso, eles podem ter um impacto em suas comunidades por serem modelos de responsabilidade e perseverança, bem como ajudar os brasileiros a ver a sociedade norte-americana de um ponto de vista menos estereotipado.

O Programa English Access vem sendo realizado pela Casa Thomas Jefferson desde 2011 em Brasília e desde 2016 em Belo Horizonte, e já formou mais de 200 alunos. Em dezembro de 2017, 17 alunos de Belo Horizonte concluirão a primeira edição do programa realizada no Estado de Minas Gerais pela Casa Thomas Jefferson.

 

You might also like More from author

Comments are closed.