Saúde

Beber vinho tinto antes de dormir emagrece, essa sim é a melhor notícia do ano!

Todos nós já sabemos e é comprovado que beber vinho com moderação traz inúmeros benefícios à saúde. Mas o que não sabíamos é que ingerir a bebida antes de dormir pode auxiliar na perda de peso. Isso mesmo. O estudo, divulgado dias atrás pelo International Journal of Obesity e realizado na Washington State University apontou que o resveratrol, substância encontrada na casca e na semente de uvas pretas e vermelhas, é capaz de converter o excesso de gordura branca em gordura marrom, e essa gordura é mais fácil de ser eliminada pelo organismo.
O resveratrol é um polifenol, que age como antioxidante e pode ser encontrado na maioria das frutas, principalmente nas escuras ou de cascas escuras, como amora, morango e até maça. “Os polifenóis em frutas aumentam a oxidação de gorduras na dieta de modo que o corpo fica sobrecarregado”, afirmou Min Du, professor e cientista da Washington State University. Segundo ele, converter gordura branca em gordura marrom auxilia na queima lipídios e ajuda a manter o corpo em equilíbrio e prevenir a obesidade e disfunção metabólica.

Essa sim é uma notícia que alegra qualquer amante do vinho, não é mesmo? Nós amamos! E damos a dica: Aproveitar o frio intenso que tem feito na maior parte do país para incluir no cardápio um dos nossos tintos!

VINHO TINTO COMBATE CÉLULAS DE GORDURA E AJUDA A EMAGRECER

Quem é apaixonado por vinho vai adorar essa notícia.

A novidade é que o vinho tinto segura o ponteiro da balança por causa de uma substância chamada piceatanol. Ela retarda a geração de células jovens de gordura e as impede de se transformar em células maduras. Essa conclusão é de um estudo feito por cientistas da Universidade de Purdue, nos Estados Unidos, divulgada na revista NOVA.

Outra pesquisa, realizada ao longo de 13 anos pelo Women’s Hospital Boston, também nos Estados Unidos, com 19.200 americanas, comprovou que mulheres que consomem uma taça de vinho tinto por dia engordam menos que as que não bebem.

O vinho tem compostos bioativos, como o resveratrol, molécula presente na casca de uvas pretas e rosadas (procure por cabernet, sauvignon, merlot, syrah e carménère no rótulo), que previne doenças cardiovasculares e tem efeito anti-inflamatório. Uma taça ao dia, cerca de 80 calorias, é a medida. Mais do que isso, aí sim poderá comprometer sua dieta.


Por que devemos dar devida importância as panturrilhas?

Malhar as panturrilhas não é estética, é questão de saúde, diz especialistas (Foto: Divulgação)

Malhar as panturrilhas não é estética, é questão de saúde, dizem especialistas (Foto: Divulgação)

Muita gente dá pouca importância a panturrilha no dia a dia e durante o treino nas salas de musculação, só querem saber de malhar os braços, pernas e glúteos – o que também merece atenção. Mas, você sabia que a panturrilha é considerada nosso segundo coração? Isso mesmo! Veja abaixo, 5 motivos para se preocupar com este músculo do corpo:

1. Faz bem para o coração

Qualquer exercício que faça a contração e o relaxamento das panturrilhas comprime as veias da perna e ajuda o sangue a voltar para o coração;

2. Previne o aparecimento de varizes

Correr, caminhar e andar de bicicleta são bons exemplos de atividades que melhoram a circulação e evitam problemas como as varizes;

3. Postura e equilíbrio

A musculatura da panturrilha, bem como outros músculos dos membros inferiores, dão estabilidade aos joelhos. Isso permite que você fique em pé e mantenha o equilíbrio;

4. Contra o enfraquecimento da musculatura

Inevitavemente, a perda de massa muscular virá para todos com o envelhecimento. Entretanto, movimentar esses músculos da perna previne o seu enfraquecimento da musculatura na terceira idade;

5. Previne dores nas pernas

Ativas as panturrilhas de forma eficiente previne o desconforto nas pernas que muita gente por aí diz que é em função da má circulação sanguínea;

Como deixar o arroz menos calórico? Estudo inédito tem a resposta

dieta-do-arroz

Estudo sugere arroz menos calórico (Foto: Divulgação)

O arroz é um dos primeiros carboidratos a ser eliminado da dieta. Para algumas pessoas, banir o alimento do prato não faz diferença já para outras é quase impossível! Pensando em uma forma de diminuir os índices de obesidade no mundo sem precisar cortar o arroz das refeições, pesquisadores da Faculdade de Ciências Químicas, no Sri Lanka, descobriram um jeito de reduzir suas calorias.

O truque é transformar o amido digerível em amido resistente. Enquanto a forma digerível é transformada em glicose – que se não for queimada com exercícios, por exemplo –, a resistente é fermentada no intestino grosso escapando a digestão. Estudos recentes indicam que esse processo pode ser benéfico à flora intestinal e ainda ajudar a manter a glicemia estável.

Preparo

1. Misture uma colher (de chá) de óleo de coco à água fervente;

2. Adicione meia xícara de arroz e deixe cozinhar normalmente;

3. Depois de pronto, coloque o arroz na geladeira por 12h;

Segundo o estudo, a produção de amido resistente foi 10 vezes maior que o normal e as calorias do arroz caíram pela metade. Isso porque o óleo e o resfriamento modificam a estrutura do amido durante o cozimento.

Fonte: Bolsa de Mulher

Compare as calorias dos ovos de Páscoa neste ano

Mesmo que você vá ao supermercado e resista às tentações da Páscoa, o inevitável pode acontecer que é você receber um ovinho de chocolate de um amigo ou parente. O jeito é anotar as calorias para perder depois.

Alguns ovos de chocolate podem trazer as calorias que você precisa consumir o dia inteiro, incluindo café da manhã, almoço e jantar. Então, fique atenta para não sair da dieta. As calorias a seguir se referem aos ovos inteiros. Veja na lista abaixo:

Galak da Nestlé (230g) – 1269,60 Kcal

Galak

Serenata de Amor da Garoto (355g) – 1959,60 Kcal

serenata-de-amor-2015

Ouro Branco da Lacta (355g) – 1888,60 Kcal

ouro-branco

Kopenhagen Nhá Benta tradicional (300g) – 1368 Kcal

Kopenhagen Nhá Benta tradicional

Diamante Negro da Lacta (320g) – 1638,40 Kcal

Diamante Negro da Lacta

Oreo da Lacta (356g) – 1879,68 Kcal

oreo

Kit Kat da Nestlé (400g) – 2192 Kcal

kit-kat

Bis da Lacta (530g) – 2756 Kcal

bis-pascoa

Dreams de Brigadeiro da Cacau Show (400g) – 1776 Kcal

ovo-dreams-brigadeiro-cacau-show

Fonte: GNT

Mitos e verdades dos alimentos que prometem a perda de peso

dietaUsar a internet para encontrar alimentos que promovam a perda de peso pode ajudar a descobrir novos sabores para uma vida mais saudável. Porém, antes de sair consumindo livremente e incluir a novidade no cardápio é preciso consultar seu nutricionistas, nutrólogos, endocrinologistas…

Em uma pesquisa rápida, encontrei alguns mitos e verdades sobre essas dietas “milagrosas” que podem ajudar a esclarecer dúvidas sobre este assunto.

1. Água morna com limão
Ouvi falar de pessoas fizeram o teste e obtiveram resultado. A dieta consiste em tomar um copo de água com meio limão em jejum e aguardar 30 minutos para se alimentar. A má notícia é que não existe nenhum artigo científico que comprove que água com limão em jejum derrete gordura.

2. Algas
É verdade! As algas marinhas ajudam a perder peso. Elas possuem uma fibra chamada alginato, que reduz a absorção de gordura pelo trato digestivo e controla a saciedade.

3. Chá Verde
Emagrece sim. A bebida auxilia na manutenção e perda de peso. Além de diminuir o apetite e facilitar a digestão.

4. Farinha de banana verde
Diferente para começar uma dieta? Um pouco. O produto é obtido pelo processamento da casca e da fruta não madura. Seu consumo promove uma melhor absorção de nutrientes, melhorando a saúde intestinal.

5. Goji Berry (seca)
O fruto é a maior promessa dessa lista. Fala-se que o goji berry pode emagrecer até 5 kg em um mês, que rejuvenesce e elimina celulites. Porém, o alimento que parece ser dos Deuses não é tudo isso. O fruto não emagrece, exatamente. Apenas reduz a produção das substâncias inflamatórias. Por exemplo, a celulite que é uma inflamação nas células de gordura.

Recadinho importante! Para emagrecer de forma saudável é necessário um plano alimentar individualizado e exercícios físicos – com o mínimo de freqüência.

Procura por atividade física aumenta no início do ano

A prática de exercícios físicos está entre as promessas feitas no fim do ano e parece que muitas pessoas já estão cumprindo. Em Uberlândia é possível ver lotação máxima em academias, parques, praças e áreas de lazer a céu aberto. A busca pela qualidade de vida esteve muito presente em 2014 e este ano deve continuar.

atividade-física

Perder o peso adquirido no fim do ano e mudança de hábitos são os principais motivos que levaram as pessoas a começar 2015 se exercitando (Foto: Divulgação)

O perfil das pessoas que procuram uma atividade física nesse período são àquelas que desejam recuperar a forma o mais rápido possível, devido ao consumo de alimentos e bebidas em excesso durante as datas festivas, bem como os novatos que estão em busca de hábitos saudáveis.

Seja pela falta de conhecimento durante a realização do exercício ou pelo exagero na intensidade, a fim de recuperar o “tempo perdido”, as lesões podem aparecer. Renato Pupin, fisioterapeuta da clínica ITC Vertebral, revela que “as principais queixas no consultório são os traumas causados por excesso de atividade física (overtraining)”. Renato alerta sobre os tipos de traumas. São eles:

· As lesões agudas são provenientes de eventos traumáticos recentes, tais como torções, luxações e fraturas e apresentam sintomas como dor, calor, rubor, edema e perda da função;

· Já as lesões crônicas são resultado de excessos repetitivos ou incômodos de longa data, como por exemplo: tendinite, bursite e artrite e a característica mais marcante é a dor, que pode ser percebida ao longo de um período, sem que haja alívio. Logo, restringindo a realização de atividades. Também poderão ocorrer episódios de agudização, que desencadeiam uma inflamação, com dor intensa.

No mercado existem várias modalidades, o crossfit, musculação e a corrida são os queridinhos. O preparador físico da Santé Espaço Fitness, Erivan Júnior, ressalta que é importante o praticante escolher uma atividade que lhe dá mais prazer e respeitar os limites do corpo. “É possível evitar os traumas através da orientação de um profissional. Por isso é fundamental buscar esse acompanhamento, principalmente àqueles que nunca fizeram nenhum exercício”, completa.

Vale lembrar que a realização de exames médicos, que avaliem a condição física, antes de aderir à prática de atividades ou para àqueles que já exercitam, é imprescindível. Os resultados são fundamentais para o profissional que vai montar o planejamento do treino.

5 dicas (preciosas) para amenizar a sensação de calor

como-se-refrescar-no-veraoNestes dias de sol intenso, a piscina é a principal opção para amenizar as altas temperaturas. Além de dar um mergulho, há mais alternativas para se refrescar do calor.

1. Curta as áreas verdes e bem preservadas de sua cidade. Programas ao ar livre como visitas ao parque são uma ótima sugestão;

2. Prefira alimentos frescos (frutas e verduras). Além de refrescar e hidratar, são mais práticos e poupam algumas horas na cozinha;

3. Banhos são uma ótima maneira (mas vá devagar, “coisinha”). Desligue o sistema de aquecimento do chuveiro e tome banhos frios. Economiza muita energia e evita que você saia suando do banheiro;

4. Invista em uma garrafinha spray. Basta algumas borrifadas para refrescar o organismo;

Leia também sobre bloqueador solar em spay

5. Troque o ar-condicionado por um climatizador. Pode parecer loucura, mas faz todo o sentido. Ar-condicionado consome mais energia do que um ventilador ou climatizador. Outro fator importante, é que esses aparelhos produzem um conforto térmico maior para o ambiente;

E claro, tenha sempre líquidos à mão. Refrigerante não vale. Ok, pessoal?

Agora que você já anotou tudo, pode colocar em prática 🙂

Especialista dá dicas de como cuidar da pele no verão

Sol forte e pouca chuva. Este é o atual cenário do verão brasileiro que chegou com tudo e há cerca de um mês vem apresentando temperaturas cada vez mais altas. O que deve ser uma alerta para quem se expõe ao sol diariamente e também para aqueles que gostam de manter a pele sempre bronzeada.

veraoExistem dois tipos de radiação solar, a UVA e UVB, e cada uma tem sua especificidade. Os raios UVA incidem durante todo o dia e penetram nas camadas mais profundas da pele. Os efeitos dessa radiação em longo prazo podem provocar manchas na pele, o envelhecimento precoce e até mesmo câncer. Já os do tipo UVB, incidem das 10h às 16h e provocam vermelhidão, queimaduras e câncer.

Geralmente pessoas de pele, olhos e cabelos claros são as que mais sofrem com a exposição solar, pois ao invés de bronzear, elas ficam com queimaduras. “Todos, independente da cor da pele, devem se proteger contra o sol. Porém estas pessoas precisam de uma proteção solar mais rigorosa. O ideal é um fator de proteção de pelo menos 30, que proteja contra a radiação UVA e UVB. As peles mais sensíveis, com manchas, rosácea, entre outras, exigem um fator mais alto. O melasma exige também uma proteção contra a luz visível, que seria um filtro com cor. Existem filtros que controlam a oleosidade da pele com tendência a acne, filtros para peles mais maduras que hidratam e nutrem com substâncias específicas e filtros com fatores antioxidantes que previnem o envelhecimento. O ideal é consultar um dermatologista especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia e ver qual seria o ideal para você”, recomenda.

Bronzeado saudável

Muitas pessoas não dispensam ter uma pele sempre bronzeada e para isso recorrem a métodos que podem prejudicar e muito a saúde da pele. De acordo com Juliana Gumeiro, a única forma de ter um bronzeado saudável é ter paciência e nada de exageros. “O ideal é que a pessoa tome sol de forma gradativa, sem dispensar o uso do protetor solar. Na medida em que os dias de exposição ao sol vão passando a pigmentação da pele também vai mudando. Mas isso, sempre nos horários indicados das 7h às 9h e das 16h às 18h”, recomenda. E após a exposição ao sol a dermatologista recomenda o uso de produtos que tenham Aloe Vera na composição, pois tem propriedades curativas e nutritivas para a pele, aliviando a sensação de ardência e refrescando o corpo. A dermatologista sugere também autobronzeadores que funcionam como uma tintura para a pele sem danificá-la.

Câncer de pele

Além de queimaduras logo após a exposição ao sol, a falta de proteção por um longo período pode provocar problemas sérios de pele levando até mesmo ao desenvolvimento de câncer. Para 2015, o Instituto Nacional do Câncer (Inca) estima 182 mil novos casos de câncer de pele não melanoma. “O câncer não melanoma é o que está diretamente ligado à exposição excessiva ao sol. Por isso, ao primeiro sinal de surgimento de manchas, feridas, pintas ou sinais novos na pele ou de mudança nas características desses, deve-se procurar um especialista para diagnóstico correto, evitando possíveis evoluções da doença, pois quando diagnosticado na fase inicial o tratamento é mais eficiente”, afirma o oncologista do COT – Centro Oncológico do Triângulo, Rodolfo Gadia. Já o melanoma é a forma mais grave da enfermidade e representa apenas 4% das neoplasias.

Quimioterapia oral é tema de simpósio em Uberlândia

simpósio

No início do ano, as operadoras de saúde incluíram a cobertura da quimioterapia oral para pacientes em tratamento contra o câncer. A mudança feita pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) era uma demanda antiga dos médicos e representou grande avanço na época de aprovação. O assunto também é tema da VI edição do Simpósio de Farmacêuticos Oncológicos e da V edição do Simpósio de Enfermagem Oncológica, que será realizado pelo COT – Centro Oncológico do Triângulo neste sábado (23), na Unialgar, em Uberlândia.

Segundo a coordenadora da Assistência do COT e uma das responsáveis pela organização do Simpósio, Jussaine Alves, a quimioterapia oral vem agregar valor a tratamentos inovadores contra o câncer. “A medicação oral contribui para a melhora da qualidade de vida dos pacientes. Entretanto, apresenta toxicidades semelhantes à terapia endovenosa. Estudos relacionados à quimioterapia oral informam que 53% dos pacientes têm dificuldades de adesão ao tratamento. Por isso, é necessário cuidados de instrução a família e ao paciente quanto à administração dos comprimidos, armazenamento e adesão. Depois da determinação da ANS, planos de saúde passaram a receber 37 drogas orais indicadas para o tratamento de 56 tipos de câncer”, disse Jussaine.

Além da discussão sobre drogas orais para o tratamento do câncer, o evento traz como tema principal a “Inovação e Pesquisa no Cuidado Integral ao Paciente Oncológico: Em Busca da Excelência”. O simpósio é gratuito e destinados aos interessados em obter mais informações da área oncológica.

Serviço
VI Simpósio de Farmacêuticos Oncológicos e V Simpósio de Enfermagem Oncológica
Data: 25 de outubro de 2014
Horário: 8h às 17h
Local: Unialgar (Av. Floriano Peixoto, 6495 – Alto Umuarama)
Confira a programação completa pelo site: www.simposiocot.com.br

Quer parecer 10 anos mais jovem? Compre um cão

Oi, pessoal. No início da semana, li uma notícia superinteressante que aponta que os cães são os maiores influenciadores no combate ao envelhecimento. Conhecido como o melhor amigo do homem, cientistas da universidade de St Andrews, na Escócia, acreditam que o cão rejuvenesce o dono em até 10 anos.

“Se você tem um cão em casa, o nível de sua atividade física é equivalente ao de uma pessoa dez anos mais jovem”, afirmou o pesquisador Zhiqiang Feng, da universidade, ao jornal britânico “Daily Mail”.

Cena da animação Up! Altas Aventuras (Foto: Divulgação)

Cena da animação Up! Altas Aventuras (Foto: Divulgação)

Ainda de acordo com o estudo, os pets estimulam a prática de atividades físicas, o que evita uma série de doenças, principalmente as relacionadas com os músculos e ossos. 

Uberlândia recebe em agosto mostra UdiFit de saúde

Oi, pessoal! O post de hoje, 23, é para falar sobre saúde! Uberlândia recebe em agosto, o UdiFit. O evento, que será realizado pela primeira vez na cidade, no Village Altamira, é uma mostra de saúde e tem a proposta de se tornar anual dependendo do sucesso da edição. A programação inclui palestras, oficinas, exposição de produtos e serviços de empresa, aulas de ginástica, zumba e pilates, além do lançamento do livro da blogueira de saúde Gabriela Pugliesi. 

pilates

Homens terão maior incidência de câncer em 2014

Olá, pessoal! Hoje, dia 15 de julho, é o Dia do Homem e uma oportunidade para falar sobre a saúde. De acordo com o Inca – Instituto Nacional do Câncer, os cinco tumores mais incidentes entre o sexo masculino são os cânceres de pele não melanoma, próstata, pulmão, cólon e reto e o de estômago. Nas regiões Sul e Sudeste, o câncer da próstata é o mais incidente. Estimam-se 68 mil novos casos de câncer da próstata no Brasil em 2014. 

Dos 576 mil novos casos da doença, 52% serão na população masculina (Foto: Divulgação)

Dos 576 mil novos casos da doença, 52% serão na população masculina (Foto: Divulgação)

Como forma de conscientizar a população masculina, o COT – Centro Oncológico do Triângulo alerta para que o público destine mais tempo para cuidar da saúde. Para o oncologista clínico do COT, Rodolfo Gadia, os homens ainda têm muita resistência quando o assunto é ir ao médico. “Muitos deles acham perda de tempo fazer exames de rotina e mesmo tendo um problema, não vão ao médico. Quando o assunto é exame de próstata, alguns até mudam de assunto”, afirma o especialista.

Para informar este público, não muito adepto aos cuidados médicos, o oncologista cita algumas características dos cânceres mais frequentes nos homens. Confira:

– Câncer de pele: existem dois grupos distintos de câncer da pele: o não melanoma, mais frequente e menos agressivo, e os melanomas, mais agressivos, porém muito raros. Para 2014 são esperados 98 mil novos casos de câncer da pele não melanoma entre homens. A exposição excessiva ao sol é o principal fator de risco para o surgimento dos cânceres de pele não melanoma. Em geral, para o melanoma, o maior risco inclui história pessoal ou familiar. Outros fatores de risco para todos os tipos de câncer da pele incluem: sensibilidade da pele ao sol, doenças imunosupressoras e exposição ocupacional.

– Câncer de próstata: o único fator de risco bem estabelecido para o desenvolvimento do câncer da próstata é a idade. Além desse, outros fatores como raça/etnia, história familiar da doença e alimentação, também influenciam.

– Câncer de pulmão: são esperados 16 mil novos casos para 2014. É o segundo mais frequente nas regiões Sul e Centro-Oeste. O tabaco ainda é o principal fator de risco, responsável por 90% dos casos de câncer de pulmão. Os outros fatores de risco estão relacionados à história familiar, a exposição a carcinógenos ocupacionais e ambientais, por exemplo, amianto, arsênico, radônio 38 e hidrocarbonetos aromáticos policíclicos.

– Câncer de cólon e reto: são esperados 15 mil novos casos para o país, neste ano. Os fatores de risco mais relevantes são a história familiar de câncer colorretal e a predisposição genética ao desenvolvimento de doenças crônicas do intestino. A idade também é considerada um fator de risco, uma vez que tanto a incidência como a mortalidade aumentam com a idade.

– Câncer do estômago: estimam-se  12 mil casos novos de câncer do estômago em homens. O maior fator de risco para o desenvolvimento do câncer do estômago é a infecção em longo prazo pela bactéria H. pylori. É uma das infecções mais comuns no mundo e pode ser responsável por 63% dos casos de câncer gástrico. Em geral, o câncer gástrico apresenta o fator ambiental/comportamental como o principal para o seu desenvolvimento.

Fonte: Inca

ISO Olhos também é parceiro da Feijoada Sônia Sampaio

Iso-OlhosMais um parceiro chegando por aqui, ISO Olhos, obrigada pela confiança. Muito feliz em ter marcas fortes na nossa Feijoada. 
Ontem, 10, foi o Dia Mundial da Saúde ocular. Portanto, para cuidar da saúde dos seus olhos agende uma consulta no ISO, que tem uma estrutura super bacana, tecnologia de ponta e corpo clínico antenado no que há de mais moderno para cuidar de você.

1 2  Scroll to top