Taty Ferreira é atração confirmada na 1ª Virada Cultural de Uberlândia

31

 

taty-ferreira-2-divulgacaoA vlog tem cerca de 3,4 milhões de acesso no YouTube e mais de um milhão de seguidores na fanpage

Quem disse que para falar sobre comportamento, relacionamento, sexo precisa ter papas na língua? Por se expressar abertamente sobre estes temas ainda cheios de tabu na cabeça de muita gente é que a vlog Acidez Feminina, Taty Ferreira se tornou uma internauta de sucesso, com cerca de 3,4 milhões de acesso no YouTube e mais de um milhão de seguidores na fanpage. E foi do YouTube ao livro “Manual da Mulher Bem Resolvida” que conquistou um bocado de leitores. Já são mais de 13 mil exemplares e já está na terceira impressão. Taty Ferreira estará presente na 1ª Virada Cultural dia 27 de agosto, às 17h30, no Teatro Municipal onde abordará sob o tema: ‘Do YouTube ao livro’. “Vou falar um pouco sobre como meu canal no Youtube me levou a me tornar uma escritora. Também pretendo abordar a polêmica ‘Youtubers escritores’, já que atualmente muitos youtubers têm lançado livros e algumas pessoas acreditam que estes livros são desnecessários”.

Antes de ter o canal, Taty escrevia sobre comportamento em um blog direcionado ao público masculino. Em 2010, resolveu transformar sua coluna em vídeos semanais e a profissão tomou forma e uma proporção maior quando pelo pseudônimo “acid girl” não hesitava ao falar sobre sexo, relacionamentos, tabus e independência feminina e financeira, TPM e namoro. Encorajada pelo feedback dos seguidores virtuais, decidiu transformar seus conselhos e experiências em livro, o Manual da mulher bem resolvida. Atualmente, o Youtube e o blog são sua única fonte de renda.

A vlogueira conta que o público começou a se identificar com ela desde o início. “Afirmo isso porque acredito que para que um vídeo seja muito compartilhado é necessário que as pessoas se identifiquem com o conteúdo e meu primeiro vlog já foi muito compartilhado e teve muita visualização. Meu vlog virou profissão em 2011, quando abandonei meu trabalho de auxiliar administrativa para me dedicar a produzir mais conteúdo para a internet, tanto escrito como em vídeo”.

Taty também comentou sobre sua vocação para a escrita. “Tive blogs de textos durante muitos anos, onde escrevia textos aleatórios sobre o dia a dia. Eu fazia isso por hobby e acredito que continuaria fazendo apenas por hobby caso o Acidez Feminina não chegasse ao ponto que chegou”.

Taty Ferreira já aceitou convites diversos e diz por que a Virada Cultural é importante: “Trazermos esse movimento para Uberlândia é excelente. Estou torcendo para que seja um sucesso e que as pessoas valorizem essa iniciativa como merece ser valorizada. Já estava na hora de Uberlândia ter um evento cultural como esse”, conclui.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários estão fechados.