Vendas para o Dia das Crianças podem crescer 5% em Uberlândia

219

O cartão de crédito será a forma de pagamento mais utilizada

Pesquisa realizada pela CDL Uberlândia revela que a  maioria dos empresários (64,7%)  está otimista com as vendas no dia das crianças, e deste total, 50,0% esperam crescer até 5% a mais este ano.

As vendas para o Dia das Crianças devem manter o patamar de 2017, com crescimento de 5% em relação a igual período do ano passado para 50% dos empresários com expectativa positiva. A projeção é da Câmara de Dirigentes Lojistas de Uberlândia (CDL) que realizou pesquisa com os empresários e com os consumidores. Os empresários que não esperam crescimento nas vendas justificaram a crise financeira (66,7%) e considera a data indiferente para o setor (11,1%).

Para comprar os presentes, 70,6% dos empresários otimistas acreditam que o cartão de crédito será a forma de pagamento mais utilizada.

Levando em conta que a criançada gosta de brinquedo, para 52,9% dos empresários não há dúvida de eles serão os mais adquiridos, seguido de roupa (23,5%). Para atrair os consumidores, 64,7% das empresas pretendem utilizar descontos variáveis como uma ação chamativa e 41,7% com ações promocionais dentro da loja.

Para ter uma noção se os consumidores vão presentear as crianças, a CDL também ouviu esse público. A maioria (62,1%) pretende presentear. Dos que pretendem presentear  62,3% vão optar para o segmento de brinquedos e 24,5% pretendem presentear com roupas.

O local mais procurado para as compras será o comércio central (64,8%), seguido de shopping (16,7%) e Internet (9,3%). Dos que vão comprar em lojas físicas, a maioria (50,9%) pagarão no dinheiro e os demais no cartão de crédito ou débito.

O ticket médio não passará de R$100,00.

De acordo com a superintendente da CDL Uberlândia, Lécia Queiroz, o dia das crianças exerce uma influência positivia nas vendas, principalmente no produtos e serviços ofetados ao público infantil já que as crianças costumam  ganham mais de um presente, entre pais, tios e avós. A pesquisa indica que mesmo considerando fatores de incertezas no cenário político e econômico os segmentos entrevistados podem verificar crescimento das vendas, disse.

Expediente

A maioria das empresas (64,7%) entrevistadas pretende manter o expediente  na semana que antecede o Dia das Crianças até às 19h. O restante (29,4%) deve estender um pouco mais.

 

 

You might also like More from author

Comments are closed.