Em Sociedade

1.801

,

Bahia

A Bahia continua sendo o destino predileto de mineiros uberlandenses para curtir as férias, seja pelo tom paradisíaco ou pelo baixo volume de chuvas em relação à nossa cidade. O amigo Rubinho de Freitas é um dos que curtem dias de descansos no litoral baiano. Está por lá com a esposa Patrícia, filhos e netos. Também a querida Laura Hueb desfruta dos encantos de lá ao lado de seus familiares.

Empreendedorismo

Minha querida amiga Claudia Valéria – leia-se Lynk Optica – acaba de dar um largo passo em sua trajetória. Acaba de adquirir a franquia de uma famosa grife europeia de lentes oftálmicas , a ZEISS VISION CENTER . Como previsto, dentro de 30 dias, ela deve realizar pelo menos uma semana de pequenos eventos, para evitar aglomerações, com o propósito de apresentar sua nova loja aos amigos, clientes e colaboradores. A nova loja de Claudia Valéria está charmosésima e, claro, no lugar ideal: o bairro Fundinho.Parabéns pelo empreendedorismo .

Suspense e sabores

Rogério Crosara recebeu semana passada grandes chefs em sua cantina italiana Famiglia Crosara. Faz suspense do motivo da visita, mas anuncia surpresas e novidades para os frequentadores. Aguardemos!

Lavínia

A atriz uberlandense radicada em São Paulo, Lavínia Pannunzio, está novamente indicada ao Prêmio APCA (Associação Paulista dos Críticos de Arte) por seu espetáculo Elisabeth Costello. Este é considerado o prêmio mais importante do teatro em São Paulo. Ela foi indicada várias vezes e já saiu vencedora. O interessante é que essa montagem foi iniciativa dela, é uma apresentação solo e está concorrendo com superproduções, como o musical A Cor Púrpura, entre outros. A premiação existe desde 1956. Este ano tem o formato diferenciado em decorrência da pandemia do coronavírus, com foco sobretudo em espetáculos apresentados virtualmente , já que ano passado a maior parte dos teatros brasileiros permaneceu fechada.

Cinquentésima

Parabéns ao cantor Edson Denizard por sua persistência e criatividade em tempos de pandemia. Apesar de, frente ao seu talento e popularidade, frequentemente ser convidado a tocar nos bares, que estão abertos, ele tem mantido a reclusão junto à sua família e optou por realizar “lives” semanais, sempre temáticas, toda sexta-feira, às 21 horas, em seu canal do YouTube. Na última sexta, ele completou o número de 50 lives. E fez uma bela apresentação. O tema foi Rosa dos Ventos, os 4 cantos do Brasil. Nela fez uma passeio pela música de todas as regiões brasileiras, com convidados especiais, incluindo o ator global Guilherme Weber. A live teve produção da esposa, a psicóloga Andrea Montes, o jornalista e produtor cultural Carlos Guimarães Coelho e a atriz, psicóloga e assessora parlamentar Fernanda Nocam. Parabéns, Edson Denizard, pela sensibilidade e comprometimento com a boa música.

Dúvida

Na questão da vacina, tenho visto opiniões divididas sobre a aplicação por clínicas particulares. Alguns alegam que se as pessoas com poder aquisitivo arcarem com os custos, mais pessoas que precisam poderão recorrer ao SUS. Outros consideram que abrir a possibilidade do lucro com a vacinação pode comprometer a distribuição da mesma à população e limitar o acesso de pessoas desprovidas de recurso. Confesso que não consegui ainda formar a minha opinião.

Oficial

Falando em vacinação, a prefeitura de Uberlândia divulgou em suas redes que já está organizando o plano de vacinação para ser aplicado tão logo a vacina seja disponibilizada pelo SUS. Na primeira etapa, obviamente, estão os profissionais de saúde e os idosos acima de 75 anos, seguindo o escalonamento por orientações prioritárias de necessidade. Para isso, eles pedem que seja feito um cadastro na página da prefeitura.

Tô Dentro

A criatividade brasileira a serviço da saúde. No caso, com o tema da vacinação. Paródias de músicas antigas, charges divertidas, entre outras pegadas criativas, mostram o bom humor brasileiro em torno da situação.

Tô Fora

Gente que, por falta de argumentos, fica tentando desqualificar o outro para fazer valer as suas opiniões. Se já é muito feio isso de tentar diminuir os outros, pior ainda quando vem apenas para obter créditos em suas vaidosas posições.

Pimenta Refresco

Não sei se é ignorância ou se é perversidade. Cruel, não existe outra expressão, é a pessoa que “tenta tirar proveito” de um momento de calamidade. É óbvio que estamos passando por tempos difíceis e recessivos. Isso é inegável. Agora, o que não dá é pra encarar parasitas que se aproveitam da situação. Tem gente que está abusando nos reajustes de preços de produtos e valores de serviços. Isso é oportunismo. E só agrava a situação, inflaciona o mercado, confunde as pessoas. Em momentos assim, as pessoas tinham de ser mais solidárias e menos agressivas em suas práticas profissionais. O Brasil só vai melhorar quando as pessoas derem fim às suas pequenas corrupções, que consideram legítimas. Reclamam da política brasileira, mas cometem seus pequenos delitos. Gente, mão na consciência. O momento é de união e não de desespero desenfreado pelo lucro fácil. Não é assim que o país será consertado. Tá dito.

You might also like More from author

Comments are closed.