Hugh Hefner, fundador da revista Playboy, morre aos 91 anos

830

Hugh Hefner, o homem que criou a revista “Playboy” e a transformou em uma gigante da indústria de entretenimento, morreu nesta quarta-feira (27) aos 91 anos em sua casa, a mansão Playboy, em Los Angeles (EUA).
A informação foi dada na conta oficial da revista no Twitter.
Hugh Hefner
De acordo com a Playboy Enterprises, dona da revista americana, ele morreu de causas naturais.
O homem Hefner e a marca Playboy eram indissociáveis. Ambos se propagandeavam como símbolos da revolução sexual, uma fuga do formalismo americano e de uma intolerância social mais ampla. Ambos foram ridicularizados ao longo dos anos: como vulgares, adolescentes, exploradores e, finalmente, como anacrônicos.
Ele, repetidamente, comparava sua vida a um filme romântico, em que estrelava usando pijamas de seda, dando festas intermináveis para pessoas famosas, ao mesmo tempo em que seduzia (às vezes casava) jovens mulheres atraentes, mesmo quando já tinha mais de 80 anos.
A primeira edição da “Playboy” foi publicada em 1953, quando tinha 27 anos, um pai recém-casado com, na versão dele, a primeira mulher com quem havia dormido.
O empresário recém havia deixado a casa de seus pais e abandonado um emprego na revista “Children’s Activities” (atividades infantis, em tradução livre).

You might also like More from author

Comments are closed.